0 Compartilhamentos 7 Views

Vine tem data para acabar

5 de janeiro de 2017

Depois de anunciar o fim da plataforma Vine, o Twitter revelou que o serviço será descontinuado no dia 17 de Janeiro, mas não será um final definitivo para os vídeos curtos na rede social.

A partir desta data, o aplicativo será reformulado como Vine Camera e continuará servindo para a criação de vídeos de até 6 segundos, mas eles passarão a ser veiculados diretamente através do Twitter do usuário.

Enquanto isso, os Vines gravados anteriormente na plataforma continuarão existindo na web em forma de arquivo. Entretanto, se o usuário desejar salvar suas produções por conta própria, deverá fazê-lo através do aplicativo até o dia 17 de Janeiro. Será possível baixar os vídeos através do dispositivo móvel ou solicitar o envio de um arquivo para um endereço de e-mail. Após essa data, essas opções não estarão mais disponíveis e os usuários poderão precisar de métodos alternativos para salvar seu conteúdo.

Uma funcionalidade que ainda será implementada no aplicativo permitirá transferir seguidores do perfil do Vine para o perfil do Twitter do usuário. Para isso, é necessário vincular as duas contas através do menu de configurações do Vine. Contudo, comentários e mensagens publicados na rede do Vine não serão transferidos e tampouco poderão fazer parte do arquivo de download oferecido pelo Twitter.

Entre mortos e feridos, o Twitter escolheu a solução mais elegante para o encerramento do Vine: o aplicativo seguirá funcionando e o conceito permanecerá, ainda que dentro da própria rede social principal. Vines do passado continuarão acessíveis e nem mesmo os endereços originais de perfis sofrerão alterações.

Você pode se interessar

Mark Zuckerberg pede desculpas por gravação em Realidade Virtual
Notícias
12 visualizações
Notícias
12 visualizações

Mark Zuckerberg pede desculpas por gravação em Realidade Virtual

Carlos L. A. da Silva - 11 de outubro de 2017

Filmagem do desastre em Porto Rico repercutiu mal e executivo afirmou que o objetivo era passar empatia, não o contrário.

App Store da Apple começa a exigir CPF ou CNPJ de consumidores brasileiros
Notícias
15 visualizações
Notícias
15 visualizações

App Store da Apple começa a exigir CPF ou CNPJ de consumidores brasileiros

Carlos L. A. da Silva - 11 de outubro de 2017

Segundo a empresa, "o objetivo disso é garantir um processamento rápido e seguro de todas as transações".

Startup catarinense traz mesa interativa para o Dia das Crianças
Notícias
29 visualizações
Notícias
29 visualizações

Startup catarinense traz mesa interativa para o Dia das Crianças

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017

Tecnologia da PlayTable é aposta para espaços recreativos em lojas, com jogos educativos para a garotada. Confira o vídeo!

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações