0 Compartilhamentos 8 Views

Versão de código-aberto do .NET é lançado pela Microsoft

Depois de um ano e meio de desenvolvimento, a versão de código-aberto do seu framework .NET foi lançado nessa segunda-feira pela Microsoft.

A empresa anunciou que tanto o .NET Core quanto o ASP.NET Core agora são 1.0 e estão disponíveis para desenvolvedores de diversas plataformas: Linux, MacOS e outros sistemas operacionais.

A iniciativa disponibiliza as partes principais do núcleo do .NET original dentro do modelo open source, atingindo plataformas que não eram contempladas anteriormente pela proposta do .NET. Com a empreitada, a Microsoft avança mais uma etapa para alcançar todo o ecossistema de tecnologia, oferecendo soluções e serviços independente da plataforma, uma reviravolta do modelo centrado no Windows da era anterior à ascensão de Satya Nadella como CEO.

O anúncio foi feito durante a conferência Red Hat DevNation, servindo também como mais uma prova da parceria entre a Microsoft e a Red Hat e seu compromisso com outras plataformas. O lançamento do .NET Core marca uma nova era para o framework: “essa é a maior transformação do .NET desde sua concepção e irá definir o .NET pela próxima década. Nós reconstruimos os fundamentos do .NET para estar focado nas necessidades do mundo de hoje: aplicações de nuvem altamente distribuídas, microsserviços e containers“, destaca o comunicado oficial.

A Microsoft não trabalhou sozinha no projeto .NET Core e contou com a ajuda de 18 mil profissionais e entusiastas de 1.800 empresas diferentes no processo de desenvolvimento. “Nós nunca imaginamos que tantas pessoas contribuiriam para o produto. Nós também estamos impressionados pela qualidade das contribuições. Há componentes significativos que a comunidade está conduzindo adiante”, celebrou a empresa.

Mais detalhes, assim como as ferramentas disponíveis e documentação, podem ser encontrados no site oficial do projeto.

Você pode se interessar

Polícia Federal não consegue quebrar criptografia de dois documentos de propina
Notícias
20 visualizações
Notícias
20 visualizações

Polícia Federal não consegue quebrar criptografia de dois documentos de propina

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017

Durante oito dias de ataque ininterrupto de força bruta, foram testadas 810 bilhões de combinações de senha, sem sucesso.

Microsoft mata o Windows Media Player
Notícias
19 visualizações1
Notícias
19 visualizações1

Microsoft mata o Windows Media Player

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017

Assim como fez com o Paint, programa será removido do Windows 10 na Fall Creators Update e se tornará opcional para usuários.

Western Digital quebra recorde com HD de 14TB
Notícias
29 visualizações
Notícias
29 visualizações

Western Digital quebra recorde com HD de 14TB

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017

Disco rígido hermeticamente fechado e preenchido com gás hélio poderia armazenar quase 3000 filmes com qualidade HD, mas preço ainda não foi divulgado.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações