0 Compartilhamentos 16 Views

Venda de smartphones no mundo todo tem menor taxa de crescimento desde 2013

20 de agosto de 2015

As vendas de smartphones no mundo todo registraram a menor taxa de crescimento desde 2013 no segundo trimestre de 2015.

Os dados são da empresa de pesquisa Gartner e contam uma história muito conhecida: A BlackBerry continua encolhendo, a Microsoft está estagnada, e o Google e a Apple são dominantes no mercado.

Das 329 milhões de vendas feitas ao longo dos últimos três meses, 319 milhões rodavam ou Android ou iOS. Isto representa 96,8% do mercado.

Smartphones

O Windows ficou com apenas um pouco mais de 8 mil e a BlackBerry com mil.

A Samsung continua sendo a maior fabricante de smartphones do mundo, com uma quota de mercado de 21,9%, no entanto, seus problemas vendas continuam e a empresa perdeu mais 5% da sua quota de mercado desde o mesmo período em 2014, com as vendas de unidades caindo para menos de 4 milhões ano a ano.

pesquisa-smartphones

Em contraste, a Apple viu as vendas do iPhone aumentarem 36% durante esse tempo, ajudando a aumentar a sua quota de mercado para 14,6%.

Mas a parte mais preocupante para as empresas nem é a dominação da dupla Apple/Google: São as vendas. Ou a falta delas.

Além de ter a menor taxa de crescimento desde 2013, até as vendas na China caíram: Pela primeira vez ano sobre ano, o mercado registrou um declínio de 4%.

“Enquanto a demanda por smartphones 3G e 4G de baixo custo continuou a impulsionar o crescimento nos mercados emergentes, as vendas dos dispositivos em geral permaneceram mistas de região em região no segundo trimestre de 2015”, disse Anshul Gupta, diretor de pesquisa da Gartner.

A China é extremamente importante para os fabricantes de smartphones do mundo, representando 30% das vendas totais no segundo trimestre. Gupta disse que o declínio na China “influenciou negativamente o desempenho do mercado de telefonia móvel no segundo trimestre”.

A empresa de pesquisa diz que nem tudo está perdido e sugere que atrair clientes nos dois extremos (smartphones premium para compradores de luxo e aparelhos 4G acessíveis para mercados emergentes) será “a chave para fornecedores atraírem atualizações e manter ou aumentar sua quota de mercado na China” e portanto melhorando os resultados globais.

Você pode se interessar

DICA EXTRA: Prepare seu Currículo de Programador // Vlog #53.1
Vídeos
24 visualizações
Vídeos
24 visualizações

DICA EXTRA: Prepare seu Currículo de Programador // Vlog #53.1

Gabriel Fróes - 9 de outubro de 2017

No último vídeo do canal demos algumas dicas sobre como preparar seu currículo para uma vaga de programador mas esquecemos de uma dica super importante que falaremos nesse vídeo.

Confira os principais trailers da New York Comic Con 2017
Notícias
31 visualizações
Notícias
31 visualizações

Confira os principais trailers da New York Comic Con 2017

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017

Festa dos quadrinhos foi palco de trailers de mega-produções do cinema e séries de TV: Liga da Justiça, The Walking Dead e novo Círculo de Fogo. Confira!

Google teria encontrado indícios de anúncios patrocinados pelo governo russo em sua plataforma
Notícias
9 visualizações
Notícias
9 visualizações

Google teria encontrado indícios de anúncios patrocinados pelo governo russo em sua plataforma

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017

Segundo o jornal The Washington Post, empresa teria começado sua investigação depois de casos similares no Twitter e no Facebook.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Executivo da Microsoft confirma desinteresse no Windows Phone
Notícias
29 visualizações
29 visualizações

Executivo da Microsoft confirma desinteresse no Windows Phone

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017
Elon Musk critica Google Clips
Notícias
68 visualizações
68 visualizações

Elon Musk critica Google Clips

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017
Michel Temer vetou emenda que poderia censurar a internet
Notícias
26 visualizações
26 visualizações

Michel Temer vetou emenda que poderia censurar a internet

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017