0 Compartilhamentos 7 Views

Swift passa a ser open source

4 de dezembro de 2015

Pouco mais de um ano de apresentar ao mundo sua nova linguagem de programação, Apple anuncia que a partir de agora Swift é open source.

A linguagem criada para tornar mais fácil a programação para o iOS 9 e OSX, agora pode ser encontrada no Github da Apple e no novo portal Swift.org.

A mudança coincide com o lançamento da linguagem para Linux. Com esta nova fronteira ficará mais fácil para desenvolvedores criarem aplicações que interajam com o cliente em Swift ao mesmo tempo que interagem com servidores Linux operando a mesma linguagem nas duas pontas do processo.

A estratégia da Apple possibilita que desenvolvedores do mundo inteiro possam contribuir para a evolução do Swift ou até mesmo portar a linguagem para outras plataformas sem a necessidade de que a Apple assuma a iniciativa. Integrar o Swift com o universo do Windows ou Android, principais rivais da Apple em diferentes dispositivos, pode ajudar a popularizar a linguagem e, a médio e longo prazo, beneficiar a empresa.

Você pode se interessar

DICA EXTRA: Prepare seu Currículo de Programador // Vlog #53.1
Vídeos
24 visualizações
Vídeos
24 visualizações

DICA EXTRA: Prepare seu Currículo de Programador // Vlog #53.1

Gabriel Fróes - 9 de outubro de 2017

No último vídeo do canal demos algumas dicas sobre como preparar seu currículo para uma vaga de programador mas esquecemos de uma dica super importante que falaremos nesse vídeo.

Confira os principais trailers da New York Comic Con 2017
Notícias
34 visualizações
Notícias
34 visualizações

Confira os principais trailers da New York Comic Con 2017

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017

Festa dos quadrinhos foi palco de trailers de mega-produções do cinema e séries de TV: Liga da Justiça, The Walking Dead e novo Círculo de Fogo. Confira!

Google teria encontrado indícios de anúncios patrocinados pelo governo russo em sua plataforma
Notícias
9 visualizações
Notícias
9 visualizações

Google teria encontrado indícios de anúncios patrocinados pelo governo russo em sua plataforma

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017

Segundo o jornal The Washington Post, empresa teria começado sua investigação depois de casos similares no Twitter e no Facebook.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Executivo da Microsoft confirma desinteresse no Windows Phone
Notícias
29 visualizações
29 visualizações

Executivo da Microsoft confirma desinteresse no Windows Phone

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017
Elon Musk critica Google Clips
Notícias
69 visualizações
69 visualizações

Elon Musk critica Google Clips

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017
Michel Temer vetou emenda que poderia censurar a internet
Notícias
26 visualizações
26 visualizações

Michel Temer vetou emenda que poderia censurar a internet

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017