0 Compartilhamentos 13 Views

Pesquisador de segurança que ajudou a parar o WannaCry é preso nos EUA

Marcus Hutchins, o pesquisador de segurança que ajudou a parar a expansão do WannaCry em Maio deste ano, foi preso nos Estados Unidos na noite dessa quarta-feira.

Embora seja cidadão britânico, ele se encontra no momento detido sob a custódia do FBI e encara a acusação de ser um dos envolvidos na criação do Cavalo de Troia bancário Kronos, em 2014.

Hutchins, de apenas 22 anos, tornou-se famoso ao descobrir uma falha no sistema de comando e controle do WannaCry : no código-fonte da ameaça, havia um link de conexão para um servidor de comando, para receber novas instruções ou baixar novos módulos. Mas o pesquisador percebeu que o domínio não havia sido registrado e tomou a iniciativa de registrá-lo para si, interrompendo o funcionamento de componentes importantes do ransomware.

marcus-hutchins

Ainda que tenha utilizado a alcunha de MalwareTech na internet, tabloides ingleses descobriram sua verdadeira identidade e seu endereço e publicaram sem sua autorização. Hutchins estava nos Estados Unidos para participar do evento de segurança Def Con, realizado em Las Vegas. No aeroporto, ao tentar retornar para o Reino Unido, o pesquisador foi abordado por policiais federais norte-americanos, removido do saguão de espera e conduzido para uma instalação de detenção, em Nevada. Seu paradeiro atual é desconhecido, mas sabe-se que está sob a guarda do FBI.

O consulado do Reino Unido em Nova York  declarou que está “em contato com as autoridades locais em Las Vegas”. De acordo com um porta-voz do Departamento de Justiça dos Estados Unidos, a prisão de Hutchins decorre do seu papel exercido na “criação e distribuição do Cavalo de Troia bancário Kronos”, acontecido em Julho de 2014 e Julho de 2015. O porta-voz também esclareceu que o incidente não tem qualquer relação com o envolvimento de Hutchins no ataque do WannaCry.

O Kronos é capaz de roubar credenciais de suas vítimas e injetar conteúdo nos principais navegadores para alterar páginas bancárias de forma imperceptível. O vírus também possui capacidades furtivas e pode evitar detecção por parte de alguns antivírus.

Você pode se interessar

Startup catarinense traz mesa interativa para o Dia das Crianças
Notícias
28 visualizações
Notícias
28 visualizações

Startup catarinense traz mesa interativa para o Dia das Crianças

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017

Tecnologia da PlayTable é aposta para espaços recreativos em lojas, com jogos educativos para a garotada. Confira o vídeo!

Assistente virtual do Facebook Messenger agora entende Português
Notícias
22 visualizações
Notícias
22 visualizações

Assistente virtual do Facebook Messenger agora entende Português

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017

Sistema de Inteligência Artificial M age discretamente, se adapta ao usuário e só interfere em conversas quando detecta que pode oferecer sugestões,

Microsoft compra por 15 anos toda a energia gerada por fazenda de vento
Notícias
26 visualizações
Notícias
26 visualizações

Microsoft compra por 15 anos toda a energia gerada por fazenda de vento

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017

Complexo instalado pela General Electric na Irlanda é capaz de gerar 37-megawatt de energia e servirá para impulsionar serviços de computação em nuvem da Microsoft.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Mark Zuckerberg usou Realidade Virtual para visitar Porto Rico
Notícias
10 visualizações
10 visualizações

Mark Zuckerberg usou Realidade Virtual para visitar Porto Rico

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017
Microsoft mata o Windows Media Player
Notícias
23 visualizações1
23 visualizações1

Microsoft mata o Windows Media Player

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017
Western Digital quebra recorde com HD de 14TB
Notícias
44 visualizações
44 visualizações

Western Digital quebra recorde com HD de 14TB

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017