0 Compartilhamentos 12 Views

O dia em que a Amazon derrubou a internet

Enquanto o brasileiro médio pulava Carnaval pelas ruas do país, os engenheiros da Amazon pularam nos datacenters para corrigir um problema que derrubou diversos sites e serviços na web nessa terça-feira.

Uma falha no serviço de armazenamento de documentos S3 da Amazon Web Services afetou inúmeros sites conhecidos do dia a dia dos usuários, como o Slack, o IFTTT, Imgur, Quora, Adobe e outros.

A natureza da falha não foi esclarecida até o momento, mas, de acordo com os comunicados da Amazon, começou por volta das 16:45 (convertido para o Horário de Brasília) e se estendeu por mais de duas horas, até as 19:08. Entretanto, alguns sites e serviços que dependiam da plataforma de nuvem da empresa demoraram mais tempo para voltarem ao seu estado normal de funcionamento. A princípio estão descartados falha mecânica nos servidores e ataques de hackers e algumas fontes alegam um problema na atualização de um software interno.

O serviço de armazenamento de documentos S3 é um dos mais antigos produtos de nuvem oferecidos pela Amazon, tendo sido lançado em 2006. Sua comprovada estabilidade até ontem o tornou uma escolha quase obrigatória para muitas empresas que preferem terceirizar o armazenamento de recursos na nuvem: segundo a própria página do S3, a Amazon garante uma confiabilidade de “99.999999999%”. No último dia de Fevereiro, aconteceu o 0.00000001% que ninguém queria.

Mas o impacto da queda do S3 vai além do armazenamento de arquivos. Dave Bartoletti, especialista em nuvem da consultoria Forrester, explicou que o incidente é “significativo, porque o S3 é um serviço essencial para o AWS. Virtualmente todo mundo que utiliza o AWS usa o S3”. Em outras palavras, a própria Amazon dependia da estabilidade do S3 para operar sua carteira de produtos baseados em nuvem, de processamento a bancos de dados, além de serviços web, amplamente usados por outras empresas.

Para Lydia Leong, analista de computação na nuvem da consultoria Gartner, “esse é o problema com tencologia: algo sempre dá errado. Ela minimizou o impacto do incidente na avaliação do S3 para os clientes, que tenderiam a ver essas raríssimas interrupções como “parte do risco operacional normal”. De acordo com a analista, mesmo empresas rivais como Google e Microsoft, que também oferecem serviços de nuvem, não estão livres de passar por situações semelhantes.

Você pode se interessar

Startup catarinense traz mesa interativa para o Dia das Crianças
Notícias
24 visualizações
Notícias
24 visualizações

Startup catarinense traz mesa interativa para o Dia das Crianças

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017

Tecnologia da PlayTable é aposta para espaços recreativos em lojas, com jogos educativos para a garotada. Confira o vídeo!

Assistente virtual do Facebook Messenger agora entende Português
Notícias
16 visualizações
Notícias
16 visualizações

Assistente virtual do Facebook Messenger agora entende Português

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017

Sistema de Inteligência Artificial M age discretamente, se adapta ao usuário e só interfere em conversas quando detecta que pode oferecer sugestões,

Microsoft compra por 15 anos toda a energia gerada por fazenda de vento
Notícias
18 visualizações
Notícias
18 visualizações

Microsoft compra por 15 anos toda a energia gerada por fazenda de vento

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017

Complexo instalado pela General Electric na Irlanda é capaz de gerar 37-megawatt de energia e servirá para impulsionar serviços de computação em nuvem da Microsoft.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Mark Zuckerberg usou Realidade Virtual para visitar Porto Rico
Notícias
10 visualizações
10 visualizações

Mark Zuckerberg usou Realidade Virtual para visitar Porto Rico

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017
Microsoft mata o Windows Media Player
Notícias
23 visualizações1
23 visualizações1

Microsoft mata o Windows Media Player

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017
Western Digital quebra recorde com HD de 14TB
Notícias
44 visualizações
44 visualizações

Western Digital quebra recorde com HD de 14TB

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017