0 Compartilhamentos 8 Views

Novo golpe no WhatsApp promete falsa funcionalidade de “Visualizador de conversa”

7 de dezembro de 2016

A empresa de segurança ESET  descobriu uma nova campanha que promete uma falsa funcionalidade de “Visualizador de Conversa” para o WhatsApp.

O recurso permitiria ao usuário ver com quem seus contatos estariam se comunicando, mas é uma ação fraudulenta que tem como objetivo inscrever o número de celular do usuário em um serviço de SMS Premium.

De acordo com a ESET, em duas semanas, a campanha já obteve 1.2 milhão de cliques somente no Brasil. “Este é mais um caso de campanha fraudulenta que se propaga pelo WhatsApp e que tem como objetivo atingir o maior número possível de usuários. Essa ação segue o mesmo padrão utilizado em outros golpes aplicados pelo aplicativo de mensagens instantâneas que tem como objetivo o ganho financeiro, com a inscrição no serviço de SMS Premium”, alerta Camillo Di Jorge, Presidente da ESET Brasil.

No golpe, o usuário recebe um link que promete ativar um “Visualizador de Conversas para WhatsApp”. Ao clicar, na verdade, o usuário é direcionado para uma página maliciosa, onde é induzido a compartilhar o falso link com seus contatos para ativar a funcionalidade. Em seguida, a vítima é redirecionada para uma plataforma de publicidade contratada pelo cibercriminoso, onde é levada a se inscrever no serviço de SMS Premium para pagar por mensagens e supostamente liberar o acesso ao visualizador de conversas.

golpe-whatsapp-telas

De acordo com um levantamento da ESET, o número de golpes aplicados pelo WhatsApp tem aumentado de forma significativa nos últimos meses. Somente em 2016, a empresa identificou nove tipos de golpes tendo o aplicativo como principal vetor de propagação. Grande parte tem como intuito inscrever os usuários em serviços de mensagens pagas.

“A ESET tem feito um intenso trabalho de educar e conscientizar as pessoas sobre os riscos a que estão expostos e como se manterem protegidos de golpes como esse. Por isso, sempre recomendamos que os usuários fiquem atentos ao receber links suspeitos e instalem soluções proativas de segurança em seus dispositivos”, afirma Di Jorge.

Você pode se interessar

DICA EXTRA: Prepare seu Currículo de Programador // Vlog #53.1
Vídeos
22 visualizações
Vídeos
22 visualizações

DICA EXTRA: Prepare seu Currículo de Programador // Vlog #53.1

Gabriel Fróes - 9 de outubro de 2017

No último vídeo do canal demos algumas dicas sobre como preparar seu currículo para uma vaga de programador mas esquecemos de uma dica super importante que falaremos nesse vídeo.

Confira os principais trailers da New York Comic Con 2017
Notícias
31 visualizações
Notícias
31 visualizações

Confira os principais trailers da New York Comic Con 2017

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017

Festa dos quadrinhos foi palco de trailers de mega-produções do cinema e séries de TV: Liga da Justiça, The Walking Dead e novo Círculo de Fogo. Confira!

Google teria encontrado indícios de anúncios patrocinados pelo governo russo em sua plataforma
Notícias
9 visualizações
Notícias
9 visualizações

Google teria encontrado indícios de anúncios patrocinados pelo governo russo em sua plataforma

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017

Segundo o jornal The Washington Post, empresa teria começado sua investigação depois de casos similares no Twitter e no Facebook.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Executivo da Microsoft confirma desinteresse no Windows Phone
Notícias
29 visualizações
29 visualizações

Executivo da Microsoft confirma desinteresse no Windows Phone

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017
Elon Musk critica Google Clips
Notícias
65 visualizações
65 visualizações

Elon Musk critica Google Clips

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017
Michel Temer vetou emenda que poderia censurar a internet
Notícias
26 visualizações
26 visualizações

Michel Temer vetou emenda que poderia censurar a internet

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017