0 Compartilhamentos 13 Views

Microsoft lança correção de emergência para o Windows Defender

Desta vez a Microsoft foi ligeira e nem esperou pela Patch Tuesday: lançou ontem uma correção de emergência para o Windows Defender.

A vulnerabilidade grave poderia permitir a execução de código remoto através do próprio antivírus com poucas linhas de JavaScript e foi divulgada pela primeira vez na sexta-feira.

Uma vez que a brecha de segurança poderia afetar um largo espectro de sistemas, já que o Windows Defender é instalado por padrão nos Windows 7, 8, 8.1, 10 e Server 2016, a Microsoft correu contra o tempo para remover a falha. A descoberta foi realizada por pesquisadores do Google Project Zero, que costumam dar um prazo máximo de 30 dias aos fabricantes antes de tornar pública uma vulnerabilidade. Felizmente, não há até o momento nenhum relato que o problema tenha sido explorado como um vetor de ataque.

O Windows Defender se atualiza automaticamente a cada 48 horas na sua configuração padrão, mas o usuário pode conferir agora mesmo se sua versão está atualizada. Abrindo o programa de antivírus da Microsoft e indo em Configurações, é possível verificar a versão do mecanismo de proteção do Windows Defender. Qualquer versão igual ou acima de 1.1.13704.0 está protegida contra a vulnerabilidade. Caso o número de versão esteja abaixo do número seguro, basta atualizar o antivírus em sua própria interface para corrigir o problema, sem precisar reiniciar o sistema.

Mais detalhes podem ser obtidos no Boletim de Segurança da Microsoft.

 

Você pode se interessar

Polícia Federal não consegue quebrar criptografia de dois documentos de propina
Notícias
21 visualizações
Notícias
21 visualizações

Polícia Federal não consegue quebrar criptografia de dois documentos de propina

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017

Durante oito dias de ataque ininterrupto de força bruta, foram testadas 810 bilhões de combinações de senha, sem sucesso.

Microsoft mata o Windows Media Player
Notícias
19 visualizações1
Notícias
19 visualizações1

Microsoft mata o Windows Media Player

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017

Assim como fez com o Paint, programa será removido do Windows 10 na Fall Creators Update e se tornará opcional para usuários.

Western Digital quebra recorde com HD de 14TB
Notícias
29 visualizações
Notícias
29 visualizações

Western Digital quebra recorde com HD de 14TB

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017

Disco rígido hermeticamente fechado e preenchido com gás hélio poderia armazenar quase 3000 filmes com qualidade HD, mas preço ainda não foi divulgado.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações