0 Compartilhamentos 10 Views

Medium demite um terço de sua força de trabalho

5 de janeiro de 2017

2017 abriu com nuvens negras em pelo menos uma empresa do Vale do Silício: a Medium anunciou no início da noite de ontem a demissão de um terço de sua força de trabalho.

A plataforma de publicação de artigos afirma estar buscando uma reestruturação de seus negócios no momento e se viu obrigada fechar dois escritórios e reduzir o número de profissionais em diversas áreas.

As mudanças não irão afetar a maior parte das equipes de engenharia e desenvolvimento, mas quase todos os funcionários de suas filiais em Nova York e Washington foram desligados da empresa e apenas alguns poucos empregados seguirão trabalhando destes locais. Além destes, foram cortados postos também nas divisões de vendas, suporte e negócios. A medida extrema é uma reação à inabilidade do Medium de monetizar sua plataforma.

A empresa admitiu que continuar da forma como estava conduzindo suas operações iria colocar “todos nós em risco”. Para Evan Williams, CEO da Medium, a culpa desta turbulência na empresa está na própria natureza da web sustentada por publicidade. Segundo o executivo, isso “simplesmente não atende às pessoas. Na verdade, não é desenhado para isso. A vasta maioria dos artigos, vídeos e outros ‘conteúdos’ que todos nós consumimos diariamente é pago por – direta ou indiretamente – corporações que estão financiando isso para alavancar seus interesses”.

evan-williams

Williams desabafa: “como resultado, nós temos… bem, aquilo que nós temos. E está piorando”. De acordo com ele, “os incentivos direcionando a criação e o compartilhamento de conteúdo não estão atendendo às pessoas que estão consumindo ou criando isso – ou a sociedade como um todo”.

O CEO e fundador do Medium pretende resgatar a proposta original da plataforma, de promover conteúdo de qualidade e aprofundado e não apenas um depósito de cliques focado em atrair visitações e maximizar o faturamento publicitário: “nós acreditamos que as pessoas que escrevem e compartilham ideias deveriam ser recompensadas por sua habilidade de esclarecer e informar, não somente por sua habilidade de atrair alguns segundos de atenção.

Williams declarou também que a meta é encontrar uma forma de oferecer uma compensação para os produtores de conteúdo, mas não revelou como isso será possível nem quando. “É muito cedo para dizer exatamente como isso irá se parecer”, declarou.

Você pode se interessar

DICA EXTRA: Prepare seu Currículo de Programador // Vlog #53.1
Vídeos
19 visualizações
Vídeos
19 visualizações

DICA EXTRA: Prepare seu Currículo de Programador // Vlog #53.1

Gabriel Fróes - 9 de outubro de 2017

No último vídeo do canal demos algumas dicas sobre como preparar seu currículo para uma vaga de programador mas esquecemos de uma dica super importante que falaremos nesse vídeo.

Confira os principais trailers da New York Comic Con 2017
Notícias
27 visualizações
Notícias
27 visualizações

Confira os principais trailers da New York Comic Con 2017

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017

Festa dos quadrinhos foi palco de trailers de mega-produções do cinema e séries de TV: Liga da Justiça, The Walking Dead e novo Círculo de Fogo. Confira!

Google teria encontrado indícios de anúncios patrocinados pelo governo russo em sua plataforma
Notícias
9 visualizações
Notícias
9 visualizações

Google teria encontrado indícios de anúncios patrocinados pelo governo russo em sua plataforma

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017

Segundo o jornal The Washington Post, empresa teria começado sua investigação depois de casos similares no Twitter e no Facebook.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Executivo da Microsoft confirma desinteresse no Windows Phone
Notícias
28 visualizações
28 visualizações

Executivo da Microsoft confirma desinteresse no Windows Phone

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017
Elon Musk critica Google Clips
Notícias
43 visualizações
43 visualizações

Elon Musk critica Google Clips

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017
Michel Temer vetou emenda que poderia censurar a internet
Notícias
26 visualizações
26 visualizações

Michel Temer vetou emenda que poderia censurar a internet

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017