0 Compartilhamentos 10 Views

Google transforma sua busca em portal de conteúdo para dispositivos móveis

O Google resolveu dar uma repaginada total em seu mecanismo de busca nas plataformas móveis, passando a se parecer com um portal de conteúdo customizado.

O novo aplicativo não apenas aposenta o modelo do antigo Google Now como também deseja se tornar um ponto focal de visitação para o usuário, baseado em pesquisas anteriores e preferências.

“As pessoas vem vindo para o Google querendo respostas, aprender a respeito do mundo e se aprofundar em tópicos sobre os quais são apaixonadas. Hoje, nós estamos anunciando uma nova experiência de consumo no aplicativo Google, tornando mais fácil do que nunca descobrir, explorar e se manter conectado com aquilo que importa para você – mesmo que você não tenha uma pesquisa em mente”, revelou a empresa em seu anúncio oficial.

A mudança inverte completamente a lógica do mecanismo de busca, que anteriormente dependia da interação ativa do usuário em relação a um determinado tema. A partir de agora, logo abaixo da caixa de busca, será exibido dinamicamente conteúdo passivo, constantemente atualizado, a exemplo de um portal de notícias ou uma linha do tempo de rede social, com cartões selecionados pelos algoritmos do Google para atender aos interesses do usuário.

google-feed

Mas o objetivo do Google não é competir com as redes sociais. Enquanto serviços como Twitter e Facebook privilegiam conteúdo recente e gerado pela própria comunidade de amigos, o novo Google irá privilegiar relevância, mesmo que seja conteúdo publicado meses atrás, mas que tenha passado despercebido pelo usuário, e o conteúdo será coletado da web, como o banco de dados do mecanismo de pesquisa já vem fazendo há anos.

“Na medida em que o mundo e seus interesses mudam, seu fluxo de informações continuará crescendo e evoluindo junto com você”, informa a empresa. “Você perceberá que seu fluxo irá também refletir seu nível de interesse em vários tópicos – por exemplo, se você é um fotógrafo entusiasta mas apenas casualmente se interessa por fitness, seu fluxo irá refletir isso”, explica o comunicado. O novo Google também trará ferramentas que permitirão remover tópicos que não são interessantes com facilidade, assim como seguir outros, garante o anúncio.

A novidade já está disponível para Android e iOS nos Estados Unidos e deverá ser implementada para todos os mercados nas próximas semanas.

 

Você pode se interessar

DICA EXTRA: Prepare seu Currículo de Programador // Vlog #53.1
Vídeos
24 visualizações
Vídeos
24 visualizações

DICA EXTRA: Prepare seu Currículo de Programador // Vlog #53.1

Gabriel Fróes - 9 de outubro de 2017

No último vídeo do canal demos algumas dicas sobre como preparar seu currículo para uma vaga de programador mas esquecemos de uma dica super importante que falaremos nesse vídeo.

Confira os principais trailers da New York Comic Con 2017
Notícias
34 visualizações
Notícias
34 visualizações

Confira os principais trailers da New York Comic Con 2017

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017

Festa dos quadrinhos foi palco de trailers de mega-produções do cinema e séries de TV: Liga da Justiça, The Walking Dead e novo Círculo de Fogo. Confira!

Google teria encontrado indícios de anúncios patrocinados pelo governo russo em sua plataforma
Notícias
9 visualizações
Notícias
9 visualizações

Google teria encontrado indícios de anúncios patrocinados pelo governo russo em sua plataforma

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017

Segundo o jornal The Washington Post, empresa teria começado sua investigação depois de casos similares no Twitter e no Facebook.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Executivo da Microsoft confirma desinteresse no Windows Phone
Notícias
29 visualizações
29 visualizações

Executivo da Microsoft confirma desinteresse no Windows Phone

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017
Elon Musk critica Google Clips
Notícias
69 visualizações
69 visualizações

Elon Musk critica Google Clips

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017
Michel Temer vetou emenda que poderia censurar a internet
Notícias
26 visualizações
26 visualizações

Michel Temer vetou emenda que poderia censurar a internet

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017