0 Compartilhamentos 15 Views

Google está sendo processado por práticas anticompetitivas também no Brasil

Não é somente na Europa que o Google deve explicações na Justiça por práticas anticompetitivas: a empresa também está sendo processada no Brasil.

O gigante da busca encara nada menos que três processos administrativos  e um inquérito perante o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) por usar sua posição no mercado para favorecer a si mesmo.

Um dos processos é idêntico ao que rendeu uma multa bilionária na União Europeia: o abuso de poder em favor do Google Shopping. Iniciado em 2011 e sem previsão para uma conclusão, o processo foi movido pelos sites Buscapé e Bondfaro, de pesquisas de preços, que acusam o Google de privilegiar resultados de sua própria ferramenta de compras nos resultados de pesquisas realizados pelos usuários. Na Europa, o Google foi obrigado a pagar mais de dois bilhões de dólares de multa e reverter suas práticas. No Brasil, o processo se arrasta em entraves burocráticos.

Em 2013, um novo processo foi aberto pelos mesmos sites, alegando que o Google copia conteúdo de lojas para apresentar nos resultados do Google Shopping, uma prática conhecida como scraping. O Google se defendeu na ocasião alegando que houve uma falha técnica e que o processo não visava o lucro.

Apesar das brigas judiciais ainda pendentes, o Buscapé divulgou em nota “que não pretende utilizar a decisão da Justiça da União Europeia contra o Google” e que as duas empresas desenvolvem vários projetos em conjunto no Brasil e são parceiras agora. O Google não teceu qualquer comentário sobre os processos em andamento junto ao Cade.

As outras duas investigações relacionadas ao Google na entidade foram abertas pela Microsoft e pelo Yelp. O primeiro está rolando desde 2013 e é relacionado a um embate entre as plataformas publicitárias Google AdWords e o Bing Ads. A Microsoft acusa o Google de práticas ilegais contra a concorrência, barrando anunciantes de utilizarem as duas soluções simultaneamente.

O Yelp está por trás do processo mais recente, aberto em 2016, e que ainda se encontra na fase de inquérito. O serviço online critica o Google por exibir informações como endereço, números de telefone e mapas de restaurantes, lojas e hotéis diretamente nos resultados de buscas, prejudicando outros serviços que trabalham especificamente com esses dados.

 

Você pode se interessar

DICA EXTRA: Prepare seu Currículo de Programador // Vlog #53.1
Vídeos
12 visualizações
Vídeos
12 visualizações

DICA EXTRA: Prepare seu Currículo de Programador // Vlog #53.1

Gabriel Fróes - 9 de outubro de 2017

No último vídeo do canal demos algumas dicas sobre como preparar seu currículo para uma vaga de programador mas esquecemos de uma dica super importante que falaremos nesse vídeo.

Confira os principais trailers da New York Comic Con 2017
Notícias
21 visualizações
Notícias
21 visualizações

Confira os principais trailers da New York Comic Con 2017

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017

Festa dos quadrinhos foi palco de trailers de mega-produções do cinema e séries de TV: Liga da Justiça, The Walking Dead e novo Círculo de Fogo. Confira!

Google teria encontrado indícios de anúncios patrocinados pelo governo russo em sua plataforma
Notícias
9 visualizações
Notícias
9 visualizações

Google teria encontrado indícios de anúncios patrocinados pelo governo russo em sua plataforma

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017

Segundo o jornal The Washington Post, empresa teria começado sua investigação depois de casos similares no Twitter e no Facebook.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Executivo da Microsoft confirma desinteresse no Windows Phone
Notícias
27 visualizações
27 visualizações

Executivo da Microsoft confirma desinteresse no Windows Phone

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017
Elon Musk critica Google Clips
Notícias
22 visualizações
22 visualizações

Elon Musk critica Google Clips

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017
Michel Temer vetou emenda que poderia censurar a internet
Notícias
24 visualizações
24 visualizações

Michel Temer vetou emenda que poderia censurar a internet

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017