0 Compartilhamentos 11 Views

Deputados Federais tem pressa para votar projeto de lei que pode acabar com o Uber no Brasil

7 de dezembro de 2016

O Grupo de Trabalho Taxistas e Aplicativos Digitais solicitou urgência para a aprovação de um projeto de lei no Congresso Federal que pode acabar com o Uber no Brasil.

O PL 5587/16 é polêmico e cheio de contradições, mas em seu texto determina que táxis tenham exclusividade de transporte individual de passageiros em todo o território nacional.

Um dos autores do projeto, o deputado Carlos Zaratiini (PT-SP), nega que a nova lei possa prejudicar o Uber. Para ele, o objetivo é fiscalizar a prestação do serviço feito pelo aplicativo e assegurar ao usuário que ele tenha um transporte de qualidade e autorizado, sem correr o risco de cair na mão de oportunistas. “Às vezes você chega a um aeroporto, um cara fala que é Uber, as pessoas acreditam naquilo e entram num carro que não sabem nem o que é”, explicou o deputado.

De acordo com o PL 5587/16, veículos do Uber deverão obrigatoriamente ser identificados através de uma placa vermelha, como já acontece com os táxis. E todas as viagens deverão ser processadas através do aplicativo (embora essa já seja uma norma de funcionamento do próprio Uber). Além disso, o texto especifica a obrigatoriedade “da utilização de caixa luminosa externa no veículo, com a palavra ‘Táxi'”. Ainda segundo o projeto de lei, a operação do Uber deverá ser autorizada pelas prefeituras de cada cidade onde atua.

Para o deputado João Arruda (PMDB-PR), um dos críticos do projeto, a lei acabará por “transformar o Uber em táxi”. E explica: “a partir do momento em que coloca também a possibilidade de uma placa vermelha, exatamente como funciona com os táxis, está criando a mesma modalidade. Então não existe uma diferenciação entre Uber e táxi, é a mesma coisa”.

Segundo o texto que deverá ser votado no Congresso, ainda em data a ser marcada, “o crescimento do transporte clandestino, inclusive por meios tecnológicos, está impactando negativamente na gestão pública, além de desconstruir o mercado de táxi, invadir o campo restrito ao profissional taxista e causar insegurança aos consumidores”.

Você pode se interessar

DICA EXTRA: Prepare seu Currículo de Programador // Vlog #53.1
Vídeos
19 visualizações
Vídeos
19 visualizações

DICA EXTRA: Prepare seu Currículo de Programador // Vlog #53.1

Gabriel Fróes - 9 de outubro de 2017

No último vídeo do canal demos algumas dicas sobre como preparar seu currículo para uma vaga de programador mas esquecemos de uma dica super importante que falaremos nesse vídeo.

Confira os principais trailers da New York Comic Con 2017
Notícias
27 visualizações
Notícias
27 visualizações

Confira os principais trailers da New York Comic Con 2017

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017

Festa dos quadrinhos foi palco de trailers de mega-produções do cinema e séries de TV: Liga da Justiça, The Walking Dead e novo Círculo de Fogo. Confira!

Google teria encontrado indícios de anúncios patrocinados pelo governo russo em sua plataforma
Notícias
9 visualizações
Notícias
9 visualizações

Google teria encontrado indícios de anúncios patrocinados pelo governo russo em sua plataforma

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017

Segundo o jornal The Washington Post, empresa teria começado sua investigação depois de casos similares no Twitter e no Facebook.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Executivo da Microsoft confirma desinteresse no Windows Phone
Notícias
28 visualizações
28 visualizações

Executivo da Microsoft confirma desinteresse no Windows Phone

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017
Elon Musk critica Google Clips
Notícias
43 visualizações
43 visualizações

Elon Musk critica Google Clips

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017
Michel Temer vetou emenda que poderia censurar a internet
Notícias
26 visualizações
26 visualizações

Michel Temer vetou emenda que poderia censurar a internet

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017