0 Compartilhamentos 9 Views

Ashampoo ZIP Free: compacte e descompacte arquivos sem complicação

11 de fevereiro de 2015

Compactar e descompactar arquivos é uma necessidade presente no dia a dia dos usuários de computadores. Existem diversos programas que cumprem esta tarefa, diversos utilitários, tanto pagos quanto gratuitos.

Um aplicativo pertencente a este gênero foi recentemente lançado pela Ashampoo, desenvolvedora de software alemã fundada no final da década de 90 que possui em seu portfolio uma série de aplicativos interessantes e úteis, alguns deles bastante conhecidos, como o WinOptimizer e o Burning Studio, por exemplo.

O Ashampoo ZIP Free é a edição gratuita de um outro software da empresa, o Ashampoo ZIP Pro. Ambos foram lançados na mesma data, e são muito bons, fáceis de usar e repletos de recursos, além de contarem com uma interface muito bonita. Obviamente, a versão Pro é paga, e conta com recursos a mais, mas a versão gratuita também é muito boa e pode suprir as necessidades de muita gente.

O Ashampoo ZIP Free, além disso, está traduzido em mais de 20 idiomas, incluindo o Português do Brasil. Ele também conta com integração ao menu de contexto do Windows, e o usuário pode compactar e descompactar arquivos à partir daí, sem sequer abrir o programa principal.

Ashampoo ZIP Free

A criação de arquivos compactados (além da descompactação, claro) também pode ocorrer através da interface principal do programa, e aqui o usuário pode definir o nível de compressão, se deseja ou não utilizar criptografia AES, e diversas outras opções.

O programa também permite o envio dos arquivos através de e-mail, e exibe “prévias” (miniaturas) dos arquivos, caso se trate de imagens.

Os seguintes formatos de arquivos podem ser gerados com o Ashampoo ZIP Free:

  • .ZIP;
  • .7-ZIP;
  • .CAB;
  • .TAR (TAR, TAR.GZ, TAR.BZ2, TAR.XZ);
  • .LHA

Já quando se trata de extração, mais de  30 formatos são suportados, incluindo .RAR, .ZIPX, .ARJ, .ZIP e ARC. O software também é capaz de reparar arquivos compactados corrompidos, e permite a criação de arquivos SFX (self-extracting archive), função esta geralmente presente apenas em versões pagas de aplicativos semelhantes.

Um SFX é uma espécie de “pacote” na forma de um arquivo executável. O usuário pode criar tal “pacote” e então enviá-lo para quem bem desejar. Este único arquivo pode conter documentos, imagens, e vários outros tipos de arquivos.

Ashampoo ZIP Free

A pessoa que receber tal .EXE não precisa possuir um programa de compactação instalado em seu computador, esta é a grande vantagem: basta executar o .EXE e pronto. Tudo será descompactado.

A criação de arquivos .SFX no programa da Ashampoo é muito fácil, e um prático wizard guia o usuário durante todos os passos. E o programa, vale lembrar mais uma vez, é totalmente gratuito.

[button color=”black” size=”medium” link=”https://www.ashampoo.com/br/brl/pin/0192/system-software/Ashampoo-ZIP-Free” target=”blank” ]Clique aqui para baixar o Ashampoo ZIP Free[/button]

Você pode se interessar

DICA EXTRA: Prepare seu Currículo de Programador // Vlog #53.1
Vídeos
12 visualizações
Vídeos
12 visualizações

DICA EXTRA: Prepare seu Currículo de Programador // Vlog #53.1

Gabriel Fróes - 9 de outubro de 2017

No último vídeo do canal demos algumas dicas sobre como preparar seu currículo para uma vaga de programador mas esquecemos de uma dica super importante que falaremos nesse vídeo.

Confira os principais trailers da New York Comic Con 2017
Notícias
21 visualizações
Notícias
21 visualizações

Confira os principais trailers da New York Comic Con 2017

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017

Festa dos quadrinhos foi palco de trailers de mega-produções do cinema e séries de TV: Liga da Justiça, The Walking Dead e novo Círculo de Fogo. Confira!

Google teria encontrado indícios de anúncios patrocinados pelo governo russo em sua plataforma
Notícias
9 visualizações
Notícias
9 visualizações

Google teria encontrado indícios de anúncios patrocinados pelo governo russo em sua plataforma

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017

Segundo o jornal The Washington Post, empresa teria começado sua investigação depois de casos similares no Twitter e no Facebook.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Executivo da Microsoft confirma desinteresse no Windows Phone
Notícias
27 visualizações
27 visualizações

Executivo da Microsoft confirma desinteresse no Windows Phone

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017
Elon Musk critica Google Clips
Notícias
22 visualizações
22 visualizações

Elon Musk critica Google Clips

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017
Michel Temer vetou emenda que poderia censurar a internet
Notícias
24 visualizações
24 visualizações

Michel Temer vetou emenda que poderia censurar a internet

Carlos L. A. da Silva - 9 de outubro de 2017