0 Compartilhamentos 15 Views

Windows 10: desative atualizações via P2P e evite problemas em sua conexão

30 de dezembro de 2015

A dica de hoje é simples e pode ajudar a evitar problemas com a velocidade da sua internet. Você atualizou para o Windows 10 e está adorando o novo sistema operacional?

Bem, é possível que um pequeno detalhe esteja contribuindo para reduzir a velocidade de sua conexão à internet. O Windows 10 pode utilizar a arquitetura P2P (peer to peer, ou ponto a ponto) para a distribuição das atualizações.

O que é P2P?

Para entender os possíveis problemas ocasionados por tal sistema à sua internet, primeiramente é preciso entender o que significa P2P. Trata-se de uma rede de computadores destinada ao compartilhamento de arquivos, trocando em miúdos.

No P2P, os arquivos que serão distribuídos são divididos em pequeninos “pedaços”, os quais então são compartilhados. Não existe neste formato de distribuição, entretanto, um servidor central que faça a distribuição dos arquivos. O que existe são diversos “servidores”, de maneira tal a descentralizar o processo e agilizar os downloads.

Além disso, no P2P, os servidores na verdade são as máquinas dos próprios usuários, as quais ajudam então a realizar a distribuição dos arquivos para download. Cada computador que faz parte de tais redes ajuda a fornecer os “pedaços” do arquivo final, para todos os usuários da rede.

Você já deve ter utilizado ou ouvido falar em softwares como Emule, Kazaa, LimeWire, etc, não é? Pois bem, todos são exemplos de utilização de redes P2P, onde todos os usuários são ao mesmo tempo distribuidores e receptores, tanto baixando os arquivos quanto ajudando na distribuição com os tais “pedaços” de arquivos.

Desativando o P2P no Windows 10

Bem, a Microsoft também utiliza tal sistema no Windows Update do Windows 10. O sistema ajuda a “desafogar” os  servidores da empresa, tornando também mais rápida a recepção das atualizações pelos usuários.

É possível que o P2P, entretanto, torne a internet de alguns usuários mais lenta. Ao receber uma atualização, os computadores de usuários com Windows 10 podem também funcionar como distribuidores/fornecedores, fornecendo os tais “pedaços” que mencionamos acima. Isto, é claro, pode resultar em lentidões, em um comprometimento da banda de internet.

O envio destes “pedaços” de arquivos pode, por exemplo, comprometer a velocidade de upload da conexão, e os possíveis problemas podem ser experimentados com mais força em conexões mais lentas.

Felizmente, é bastante simples desativar o recurso no Windows 10. Veja:

1) Clique no botão “Iniciar” e vá em “Configurações” ==> “Atualização e segurança”:

Windows 10 - Atualização e segurança

2) Permaneça no grupo de opções “Windows Update”, conforme imagem acima. Localize, então, o link “Opções avançadas”, à direita, e clique nele.

3) Na próxima tela, clique em “Escolher como as atualizações serão obtidas”:

Windows 10 - Atualização e segurança

4) Na tela seguinte, em “Atualizações de mais de um local”, altere o estado do controle deslizante para “Desativado”, conforme imagem abaixo:

Windows 10 - Atualização e segurança

Pronto! Você desativou o P2P no seu Windows 10!

Alternativamente, você pode também habilitar o compartilhamento apenas com os computadores presentes em sua rede local.

Basta deixar o controle deslizante na posição “ativado” e marcar, então, a opção “Computadores na minha rede local”. Simples assim.

Até a próxima!

Você pode se interessar

Startup catarinense traz mesa interativa para o Dia das Crianças
Notícias
19 visualizações
Notícias
19 visualizações

Startup catarinense traz mesa interativa para o Dia das Crianças

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017

Tecnologia da PlayTable é aposta para espaços recreativos em lojas, com jogos educativos para a garotada. Confira o vídeo!

Assistente virtual do Facebook Messenger agora entende Português
Notícias
12 visualizações
Notícias
12 visualizações

Assistente virtual do Facebook Messenger agora entende Português

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017

Sistema de Inteligência Artificial M age discretamente, se adapta ao usuário e só interfere em conversas quando detecta que pode oferecer sugestões,

Microsoft compra por 15 anos toda a energia gerada por fazenda de vento
Notícias
14 visualizações
Notícias
14 visualizações

Microsoft compra por 15 anos toda a energia gerada por fazenda de vento

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017

Complexo instalado pela General Electric na Irlanda é capaz de gerar 37-megawatt de energia e servirá para impulsionar serviços de computação em nuvem da Microsoft.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações

Mark Zuckerberg usou Realidade Virtual para visitar Porto Rico
Notícias
9 visualizações
9 visualizações

Mark Zuckerberg usou Realidade Virtual para visitar Porto Rico

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017
Microsoft mata o Windows Media Player
Notícias
23 visualizações1
23 visualizações1

Microsoft mata o Windows Media Player

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017
Western Digital quebra recorde com HD de 14TB
Notícias
39 visualizações
39 visualizações

Western Digital quebra recorde com HD de 14TB

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017