0 Compartilhamentos 9 Views

Como obter uma estimativa de preço de corridas do Uber sem usar o aplicativo no celular

9 de janeiro de 2017

O Uber é uma verdadeira mão na roda, muitas vezes, oferecendo serviços geralmente de maior qualidade e preços mais competitivos. O serviço, aliás, também possui uma ferramenta bem interessante, disponível na web, acessível à partir de qualquer navegador e que funciona sem a necessidade de login. Tal ferramenta, de uso gratuito, permite a obtenção de estimativas de preço de corridas.

A ferramenta dispensa o uso do aplicativo no celular e até mesmo de uma conta junto ao serviço, facilitando bastante a vida de quem deseja apenas saber quanto vai custar determinada corrida. Você pode rapidamente saber mais ou menos quanto vai custar determinada corrida de um ponto ao outro, através dela, desde que especifique locais onde exista a operação do Uber.

A ferramenta fornece até mesmo preços para as diferentes modalidades do Uber (UberX, UberBag, etc). Através dela, entretanto, não é possível obter informações relativas aos preços dinâmicos. Use-a com cautela, portanto, tendo em mente que os valores obtidos podem não corresponder exatamente àqueles que serão cobrados.

Usar o recurso/ferramenta é bastante simples:

1) Acesse o site “Estimativa de preço do Uber”, através deste link;

2) Preencha os campos “Local de partida” e “Destino”;

Uber - Estimativa preço corridas

3) Pronto! Logo a seguir, serão listadas todas as opções disponíveis para o trajeto solicitado, com os valores devidamente separados, por categoria:

Uber - Estimativa preço corridas

E se você deseja ter uma ideia de quanto já gastou com o Uber, dê uma olhada no artigo abaixo:

Você pode se interessar

Mark Zuckerberg usou Realidade Virtual para visitar Porto Rico
Notícias
Notícias

Mark Zuckerberg usou Realidade Virtual para visitar Porto Rico

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017

CEO do Facebook "viu" os estragos causados pela passagem de um furacão e anunciou uma parceria com a Cruz Vermelha para ajudar a população.

Polícia Federal não consegue quebrar criptografia de dois documentos de propina
Notícias
27 visualizações
Notícias
27 visualizações

Polícia Federal não consegue quebrar criptografia de dois documentos de propina

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017

Durante oito dias de ataque ininterrupto de força bruta, foram testadas 810 bilhões de combinações de senha, sem sucesso.

Microsoft mata o Windows Media Player
Notícias
22 visualizações1
Notícias
22 visualizações1

Microsoft mata o Windows Media Player

Carlos L. A. da Silva - 10 de outubro de 2017

Assim como fez com o Paint, programa será removido do Windows 10 na Fall Creators Update e se tornará opcional para usuários.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.

Mais publicações