YouTube estabelece limite mínimo de visualizações para que um canal consiga publicidade

Dez anos depois de lançar seu programa de parcerias e introduzir publicidade no YouTube para todos os criadores de conteúdo, a plataforma de vídeo anunciou nessa quinta-feira uma grande mudança das regras.

Daqui por diante, apenas canais com um limite mínimo de 10.000 visualizações poderão pleitear a monetização de seus vídeos através do sistema de publicidade do YouTube e ainda estarão sujeitos à análise.

De acordo com o anúncio oficial, esse limite de 10.000 visualizações oferece ao YouTube, “informação suficiente para determinar a validade de um canal. Isso também nos permite confirmar se um canal está seguindo nossas Diretrizes da Comunidade e Diretrizes de conteúdo adequado para publicidade. Ao manter esse limite em 10 mil visualizações, nós também asseguramos que haverá um impacto mínimo para nossos aspirantes a criadores”. A mudança não afeta canais que já façam parte do programa de parcerias da plataforma.

Além dessa nova regra, nas próximas semanas o YouTube irá também implementar uma política de aprovação para o programa de parceria do YouTube, em que cada canal será avaliado individualmente antes de se tornar elegível para a exibição de anúncios e monetização de conteúdo.

As mudanças são uma reação do YouTube a eventos recentes em que diversos e importantes anunciantes retiraram suas campanhas da plataforma após denúncias de que seus comerciais estariam sendo exibidos em vídeos de conteúdo inapropriado, furtado de outras fontes ou até mesmo de teor extremista ou discriminatório.

Queremos saber sua opinião