Yahoo descobre novo vazamento de dados: mais de um bilhão de contas

Aconteceu de novo: o Yahoo divulgou um vazamento maciço de dados com mais de um bilhão de contas de usuários comprometidas.

Entretanto, qualquer estrago que poderia ter causado, já aconteceu: um dos maiores vazamentos de informação da História da tecnologia teria acontecido em 2013, mas só foi percebido agora.

Esse incidente é independente do vazamento revelado anteriormente, de meio bilhão de contas e pode confirmar as suspeitas de uma empresa de segurança que já havia alertado para um lote muito maior de banco de dados circulando nos submundos da internet. O Yahoo admitiu o novo vazamento após ser confrontado com provas apuradas por autoridades policiais e, após uma investigação interna, concluiu que houve mesmo uma falha de segurança.

Entre os dados comprometidos estão nomes, números de telefones, datas de nascimento, senhas encriptadas e perguntas de segurança sem proteção, que poderiam ser utilizadas para resetar as senhas. Embora com 3 anos de atraso, o Yahoo está obrigando todas as contas atingidas a trocarem de senhas e perguntas de segurança. De acordo com o jornal The New York Times, essas são medidas que o Yahoo deveria ter tomado em Setembro, com a descoberta do outro vazamento, mas não tomou na época.

A revelação deste segundo ataque, maior e ainda mais antigo, chega em um momento delicado para o Yahoo, enquanto a empresa acerta os detalhes de sua venda para a Verizon. O comprador já manifestou desagrado com as repetidas falhas do Yahoo que vieram à tona depois do anúncio da compra.

Com este novo golpe na imagem do Yahoo e na segurança de seus usuários, a Verizon voltou a se pronunciar. Segundo o porta-voz, Bob Varettoni, “nós iremos avaliar a situação na medida em que o Yahoo continua sua investigação. Nós iremos reavaliar o impacto desse novo incidente antes de chegarmos a quaisquer conclusões finais”.

Queremos saber sua opinião