WhatsApp divulga nota oficial sobre decisão da Justiça brasileira

Em nota oficial divulgada à imprensa, o WhatsApp se revelou “desapontado” com a decisão da Justiça brasileira de suspender o funcionamento do serviço de mensagens por 72 horas em todo o país.

As operadoras de telefonia já acataram a ordem judicial e o uso do WhatsApp está suspenso no Brasil, pela segunda vez em menos de seis meses.

“Depois de cooperar com toda a extensão da nossa capacidade com os tribunais brasileiros, estamos desapontados que um juiz de Sergipe decidiu mais uma vez ordenar o bloqueio de WhatsApp no Brasil. Esta decisão pune mais de 100 milhões de brasileiros que dependem do nosso serviço para se comunicar, administrar os seus negócios e muito mais, para nos forçar a entregar informações que afirmamos repetidamente que nós não temos”, alega o WhatsApp em seu comunicado.

A decisão de bloquear o WhatsApp no Brasil foi tomada pelo juiz Marcel Montalvão, da comarca de Lagarto (SE), em virtude do descumprimento de sucessivos pedidos de colaboração do WhatsApp com uma investigação criminal envolvendo formação de quadrilha e tráfico de drogas em Sergipe e outros estados. O mesmo juiz já havia determinado anteriormente a prisão do Vice-Presidente do Facebook para América Latina, em Março deste ano.

Queremos saber sua opinião