Vídeos online ultrapassam a audiência da TV aberta no Brasil

Uma pesquisa realizada pela ComScore e divulgada nessa quarta-feira revela que os brasileiros preferem serviços de vídeo por streaming à TV aberta.

Plataformas como Netflix e YouTube onde é possível assistir vídeos sob demanda são consumidos por 82% dos entrevistados, contra uma fatia de 73% que informou que ainda assiste à programação da TV aberta.

Os resultados da pesquisa se repetem para a América Latina, com 70% dos entrevistados adeptos da tradicional TV aberta e 81% aderindo aos serviços de streaming. As entrevistas foram realizadas com mais de oito mil pessoas, por e-mail, no início de Setembro.

Para especialistas do setor, essa é uma tendência que vem crescendo e o mercado de publicidade deve ir atrás deste público e abandonar o modelo convencional de propaganda em massa aplicado para as TVs abertas.

No Brasil, com o crescimento do acesso à Internet ano a ano e a popularização dos dispositivos móveis, esses números ainda tem muito espaço para crescer em favor dos serviços de streaming. Não por acaso, entidades ligadas aos canais convencionais e aos canais por assinatura pressionam o governo federal para uma regulamentação maior das plataformas de vídeo por demanda.

Queremos saber sua opinião