Vendas do Windows Phone despencam 57% em um ano

Os números divulgados ontem sobre as vendas do Windows Phone podem significar uma sentença de morte para a investida da Microsoft nas plataformas móveis.

De acordo com o balanço do seu faturamento no último trimestre de 2015, a Microsoft vendeu somente 4.5 milhões de dispositivos Lumia, uma queda de 57% em relação aos 10.5 milhões de aparelhos vendidos no mesmo período em 2014.

Neste último trimestre, a participação de mercado dos Lumia foi de cerca de 1.1%. Em todo o período de existência da plataforma, a Nokia e a Microsoft conseguiram vender somente 110 milhões de smartphones com o sistema operacional. No mesmo intervalo de quatro anos, entre Dezembro de 2011 e Dezembro de 2015 as rivais Apple e Google conseguiram colocar 4.5 bilhões de aparelhos iOS e Android no mercado.

lumia-salesO atraso no lançamento do Windows 10 Mobile pode ser um reflexo ou a causa do fraco desempenho dos dispositivos móveis entre os consumidores. Os novos Lumia 950 e Lumia 950 XL, que deveriam ser a nova vitrine da plataforma tampouco empolgaram. A falta de adesão dos desenvolvedores de aplicativos também é outro fator que tanto pode ser uma causa como uma consequência da participação ínfima de mercado da plataforma, formando um ciclo vicioso.

Rumores indicam o desenvolvimento de um “Surface Phone” e fala-se até em um dispositivo móvel realmente capaz de rodar o Windows. Até lá, o futuro do Windows Phone na estratégia global da Microsoft é incerto.

Queremos saber sua opinião