Tim Cook acredita que os rumores do iPhone 8 estão prejudicando as vendas do anterior

A Apple publicou um novo relatório trimestral de faturamento e novamente apareceu uma queda nas vendas do iPhone.

Com o número de usuários atingidos atingindo um patamar fixo, era de se esperar uma estagnação nas vendas, mas Tim Cook acredita que são os rumores de um iPhone 8 que estão segurando os consumidores.

Para o CEO da Apple, “nós estamos vendo o que nós acreditamos ser uma pausa nas aquisições do iPhone, o que nós acreditamos ser motivada a informes muito mais prematuros e frequentes sobre futuros iPhones”. De fato, já na mesma semana do lançamento do iPhone 7, já havia relatórios sobre as funcionalidades e o que poderia aparecer no iPhone 8, embora tudo seja apenas especulação e boatos sem confirmação.

Mas seria mesmo esse o motivo por trás da redução das vendas do iPhone 7? Não seria a saturação do mercado, com todas as pessoas que poderiam ter um interesse em um smartphone da Apple já tendo comprado um aparelho? Nos últimos anos, as vendas do dispositivo mantiveram uma taxa de crescimento constante impulsionada pela chegada da empresa em mercados antes inexplorados em todo o seu potencial, como a Índia e a China. Com a conquista desses espaços, era previsível uma redução a médio prazo no consumo.

Em contrapartida, a Apple foi surpreendida pela procura dos usuários da versão Plus do iPhone 7 e houve falta do modelo em algumas praças. Tim Cook se desculpou pelo ocorrido: “nós não fizemos direito a divisão entre o iPhone 7 e o iPhone 7 Plus. Houve uma falha – acabou que a demanda foi muito mais forte pelo iPhone 7 Plus do que havíamos previsto”.

Queremos saber sua opinião