Telefonia 4G ultrapassa a rede 2G no Brasil

Demorou três anos, mas a telefonia 4G finalmente ultrapassou a rede 2G em volume de linhas no Brasil.

O marco histórico faz parte de um levantamento realizado pela Anatel relativo ao mês de Outubro de 2016, que também confirmou a hegemonia da rede 3G no país.

Desde Outubro do ano passado, o número de conexões realizadas através da tecnologia 4G disparou no Brasil: de 20,4 milhões existentes subiu para 52,6 milhões de acessos agora. Esse número final conseguiu passar o volume de acessos realizados através da antiga tecnologia GSM, atualmente com 51,6 milhões de conexões registradas em Outubro. Entretanto, a rede 3G ainda domina o ecossistema nacional: de acordo com a Anatel, foram 126 milhões de acessos no período, mais do que as outras duas redes combinadas.

Essa posição ainda deve levar algum tempo para ser alterada. Embora os novos smartphones comercializados no Brasil, mesmo os chamados dispositivos de entrada, mais acessíveis, tenham suporte à rede 4G, a vasta base ainda instalada de aparelhos limitados à telefonia 3G deve segurar a predominância desse tipo de acesso possivelmente por anos. Enquanto isso, testes com a telefonia 5G seguem sendo realizados, mas sem novidades ou uma data específica para sua implantação comercial.

Queremos saber sua opinião