Super Mario Run atinge o topo do ranking dos downloads em apenas 7 horas nos EUA

Parece que a Nintendo tem mais um sucesso nos dispositivos móveis: o jogo Super Mario Run precisou de apenas 7 horas para atingir o topo do ranking dos mais baixados nos Estados Unidos.

O título para iOS apostou no carisma do personagem clássico da desenvolvedora japonesa e deu certo, conquistando a primeira colocação também em outros 62 países nessa quinta-feira.

Os dados são da empresa de análise estatística Sensor Tower, que monitora a App Store e mede não apenas o volume de downloads individuais como também o faturamento gerado. E aponta que Super Mario Run tem tudo para ser uma mina de ouro para a Nintendo. Apesar de ser gratuito, o jogo é limitado a poucas fases: para ter acesso ao jogo completo, o usuário precisa pagar um valor de US$9,99 pelo desbloqueio dentro do próprio aplicativo.

Embora esse modelo de monetização seja incomum nas plataformas móveis, que, na maioria dos casos sustenta seus ganhos com inserções publicitárias e desbloqueio de itens, de acordo com a Sensor Tower, a resposta do consumidor tem sido muito positiva para o jogo da Nintendo. Super Mario Run atingiu a sétima posição em faturamento nos Estados Unidos em questão de horas e se tornou líder absoluto na Alemanha, Holanda, México, Guatemala e Colômbia.

Ao contrário do sucesso avassalador de Pokémon Go, cujo faturamento precisava ser dividido entre a Niantic Labs e a Pokémon Company, toda renda de Super Mario Run irá reverter para os cofres da Nintendo. Randy Nelson, diretor de análises da Sensor Tower acredita que esse lançamento bem-sucedido do jogo seja apenas o começo e o encanador italiano deve alavancar o título para a primeira posição de faturamento em outros mercados em um curto espaço de tempo.

Enquanto a Nintendo testava as águas com Pokémon Go, após negligenciar as plataformas móveis por anos, Super Mario Run é o primeiro jogo pra valer da desenvolvedora japonesa para o cenário. Mas não será o último: a empresa já anunciou planos de explorar as franquias Animal Crossing e Fire Emblem no futuro próximo.

Queremos saber sua opinião