Sistemas do INSS voltam a ser ligados depois de ataque do WannaCrypt

Quem procurou atendimento nos postos do INSS na sexta-feira do ataque do WannaCrypt foi surpreendido com o encerramento de todas as operações do órgão público e a liberação dos funcionários.

Nessa segunda-feira o INSS voltou a ligar os seus sistemas, que haviam sido desligados durante a epidemia do ransomware, embora os usuários devam esperar “atrasos pontuais no atendimento das agências”.

A Previdência Social confirmou à imprensa que dados de usuários não foram comprometidos durante o ataque e apenas alguns terminais utilizados em postos de atendimento foram afetados pelo WannaCrypt, o que levou à decisão de suspender o funcionamento de todo o INSS enquanto os sistemas eram desligados para conter a infecção. “O INSS ressalta que o sistema não foi infectado, ou seja, os dados dos segurados estão resguardados. Apenas as informações salvas no desktop das máquinas atingidas foram criptografadas”, afirmou o órgão.

A orientação para quem tinha atendimento marcado para sexta-feira e foi prejudicado é que busque informações junte ao número 135, do INSS. “A central de atendimento também entrará em contato com os segurados”, garante o órgão público. Nesse momento, os postos de atendimento funcionam normalmente, mas há demora e lentidão nos sistemas.

Queremos saber sua opinião