Simba pensa em canal com 24 horas de “Chaves” e “Chapolin”

Criado na década de 70, Chaves (El Chavo del Ocho, no original mexicano) se mostra uma atração perene no imaginário brasileiro e periga ganhar um canal exclusivo na programação das TVs por assinatura.

A proposta faz parte dos planos da Simba, a aliança formada pelos canais tradicionais SBT, RedeTV e Record: um canal com 24 horas de exibição de Chaves e Chapolin.

Depois de ter saído da grade de programação da maioria das operadoras de TV por assinatura, as emissoras que fazem parte da Simba estudam alternativas para continuar atingindo o maior número de espectadores e monetizar seu conteúdo audiovisual. Uma das ideias é criar seu próprio serviço de streaming de vídeo, um “Netflix brasileiro”. Outra das ideias é continuar na mesa de negociações com as operadoras, incluindo ofertas de canais novos.

chaves-tv

Desde sua estreia na televisão brasileira, os seriados de Chaves e Chapolin têm alcançado níveis de audiência acima da média, sua popularidade atravessando gerações. Pensando nisso, a Simba e o SBT já iniciaram conversas com a Televisa, emissora mexicana detentora dos direitos autorais das duas séries, para que seja oferecido um canal exclusivo como parte de um pacote de canais a ser negociado com as operadoras.

Outras opções do pacote, além da programação normal de SBT, Record e RedeTV, seriam um canal dedicado a documentários produzidos pelas três emissoras, um canal de programas de variedades reunindo atrações já existentes com produções inéditas e um canal focado em resgatar programas do passado, a exemplo do que já acontece com o Viva, dedicado ao acervo clássico da Rede Globo.

Queremos saber sua opinião