Robô bípede anda com desenvoltura quase humana

Um robô capaz de balancear seu próprio peso em duas pernas mecânicas é um dos grandes desafios da Robótica, mas Cassie parece estar lidando muito bem com isso.

O pequeno robô foi criado pela Agility Robotics, uma startup nascida da Universidade do Oregon, nos Estados Unidos, e em demonstrações tem revelado ter um bom domínio da movimentação bípede.

A façanha é possível graças à utilização de um conjunto de molas dinâmicas e três articulações nas pernas, que facilitam o equilíbrio do robô, mesmo em situações mais complicadas. Conquistando essa tecnologia, robôs e outras máquinas do futuro poderão operar em qualquer tipo de terreno que não pode ser coberto por rodas, como ruínas cobertas de escombros, escadas e áreas apertadas, permitindo a criação de unidades capacitadas para missões de resgate ou distribuição de materiais.

Confira Cassie em ação em suas duas pernas:

A Agility Robotics acredita também que as mesmas descobertas e soluções criadas agora para Cassie poderiam ser implementadas em próteses humanas e exoesqueletos, resolvendo também os desafios da própria mobilidade humana em caso de acidentes ou perda de membros. Mas a empresa também aposta em outra utilização mais mundana para o pequeno robô: entregas comerciais. Havendo uma popularização da tecnologia e uma redução dos custos de produção, várias Cassies podem ser utilizadas para entregar produtos para clientes nas grandes cidades.

Para Jonathan Hurst, um dos fundadores da empresa, “locomoção sobre pernas será comparável à indústria automotiva, em termos de tamanho e na forma como transforma a sociedade. Todos nós queremos robôs de telepresença; todos nós queremos robôs que possam nos ajudar em casa. Todos nós queremos coisas da quitanda e outros itens entregues em nossas casas em pouco tempo e por um custo insignificante. (…) Cassie é um passo nessa direção”.

Queremos saber sua opinião