Relatório aponta: iPhone é menos confiável que Android

Quando a briga entre os usuários parecia ter esfriado, uma consultoria joga lenha na fogueira e publica um relatório que aponta que o iPhone seria menos confiável que o Android.

O levantamento realizado pela Blancco Technology Group afirma que problemas de performance e falhas dos modelos mais recentes teriam derrubado a avaliação antes positiva que o smartphone da Apple possuía.

A taxa de falhas registradas do iPhone subiu dos confortáveis 15% do último trimestre de 2014 para impressionantes 62% no último trimestre de 2016. Já os dispositivos Android de uma forma geral, no mesmo período, saíram de um estado de 85% de suscetibilidade a falhas para apenas 47%, um número ainda elevado, mas abaixo do patamar atingido pelo rival. O estudo classifica como falha qualquer tipo de problema relacionado à operação normal do aparelho, não apenas travamentos completos.

Entre os problemas apresentados pelo novíssimo iPhone 7 e computados pelo relatório da Blancco estão dreno de bateria, questões de conectividade Wi-Fi, falhas no Bluetooth, erros na tela de toque, falhas com diversos aplicativos e até reclamações de sincronia de fotos com a nuvem.

Em contrapartida, dispositivos Android apresentaram problemas relacionados com a câmera, falhas no USB, questões ligadas ao sinal da operadora e problemas de performance, com os aparelhos fabricados pela Samsung apresentando a menor taxa de confiabilidade na plataforma.

Queremos saber sua opinião