PricewaterhouseCoopers: Games será o setor de entretenimento com maior crescimento no Brasil

Um levantamento realizado pela PricewaterhouseCoopers aponta que os jogos eletrônicos serão o setor de entretenimento que apresentará o maior crescimento no Brasil nos próximos anos.

A conclusão faz parte da 18ª edição da Pesquisa Global de Entretenimento e Mídia 2017-2021 realizada pela empresa de consultoria, divulgada nessa quarta-feira.

Segundo o relatório, esse crescimento está sendo alavancado principalmente pelos jogos casuais, móveis ou de navegador, embora seja esperado uma ascensão do consumo também em PCs e consoles. “Jogos móveis muito acessíveis, como Candy Crush Saga, abriram o mercado para novos consumidores, e embora a maioria ainda gaste pouco ou nenhum dinheiro em jogos, a predisposição para gastar está aumentando. Este tipo de gasto, chamado de microtransações, representou 43% dos gastos com games no Brasil em 2016″, informa a empresa.

É esperado até 2021 um crescimento médio ano a ano de 17% no consumo de jogos e gastos realizados no Brasil, atingindo um total de US$1,4 bilhão. Entretanto, a PricewaterhouseCoopers também destaca que quase 100% do faturamento será derivado de plataformas digitais e que a mídia física está com os dias contados no país e irá representar somente US$69 milhões do mercado em 2021, cerca de 0.5% do total esperado.

“O país se tornou um importante polo de games na América Latina, com grandes feiras e eventos do setor, como o Brasil Game Show. Para jogos de PC, há o Campeonato Brasileiro de League of Legends, que atrai multidões para as arenas de disputa”, explica a consultoria em seu levantamento.

Queremos saber sua opinião