Presidente da Anatel renuncia ao cargo

Depois de muita polêmica e brigas, o atual presidente da Anatel renunciou ao cargo no final da tarde desta quarta-feira.

João Batista de Rezende deverá sair do comando da Agência Nacional de Telecomunicações em 29 de Agosto, meses antes do término de seu mandato e sob a sombra de uma CPI.

A decisão foi comunicada ao ministro das Comunicações, Gilberto Kassab, que solicitou a Rezende que permanecesse no cargo por mais duas semanas até que seja encontrado um substituto. Na teoria, o presidente da Anatel foi escolhido para ocupar a posição até 6 dezembro de 2016 4 e o cargo de conselheiro da Anatel até novembro de 2018, mas resolveu apressar sua saída de ambos, sem revelar publicamente os motivos que o levaram a renunciar, em carta endereçada ao presidente interino Michel Temer.

Entretanto, nos últimos meses, João Rezende se tornou não apenas o principal pivô da crise da limitação da internet de banda larga como também entrou na mira da OAB, que exigiu sua saída do cargo, e o Senado deseja instaurar uma CPI para apurar irregularidades na agência reguladora durante seu mandato.

O nome mais cotado para substituir Rezende na presidência da Anatel é Juarez Quadros, ex-ministro das Comunicações do governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Em entrevista ao G1, Rezende afirmou que pretende “construir novos projetos” após o período obrigatório de quarentena de seis meses depois de sua saída do setor público.

Queremos saber sua opinião