Polícia Federal prende vice-presidente do Facebook para América Latina

O Vice-Presidente do Facebook para América Latina, Diego Dzodan, foi preso na manhã desta terça-feira pela Polícia Federal brasileira no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

O executivo foi detido pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes por descumprir uma ordem judicial emitida pela Justiça Federal do Sergipe.

Dzodan teria sido preso ao desembarcar no aeroporto por não ter cooperado com as autoridades durante uma investigação sobre tráficode drogas. A Justiça Federal do Sergipe solicitou um conjunto de mensagens publicadas no WhatsApp, de propriedade do Facebook, relacionadas ao comércio ilegal de entorpecentes e crime organizado e a empresa teria se negado a atender a solicitação.

O Vice-Presidente foi detido no regime de prisão preventiva, quando não há prazo para a soltura. O processo criminal corre em segredo de Justiça. O Facebook ainda não se manifestou oficialmente sobre o ocorrido.

Esta não é a primeira, nem a segunda vez que o Facebook enfrenta problemas com a Justiça brasileira relacionados com o WhatsApp e o conteúdo publicado no aplicativo de mensagens. Em Fevereiro do ano passado, a Justiça do Piauí mandou fechar o WhatsApp em todo o país  e, em Dezembro passado, o aplicativo chegou a sair do ar a nível nacional por várias horas por determinação judicial.

 

Queremos saber sua opinião