Plugin para Firefox e Chrome exibe o que o Facebook vê em suas fotos

O Facebook pode saber mais sobre nossas vidas além daquilo que a gente já imagina: na verdade, a rede social possui excelentes algoritmos para identificar o conteúdo das imagens postadas, mesmo sem texto.

Pensando nesse reconhecimento de fotos pouco comentado, o desenvolvedor Adam Geitgey criou um plugin de código-aberto para navegadores que exibe tudo o que o Facebook vê e sabe a partir das imagens.

Desde Abril deste ano, a rede social está adicionando palavras-chaves a conteúdo em imagens para facilitar a navegação de usuários com dificuldades de visão. O que o plugin de Geitgey possibilita, tanto para Firefox quanto para Chrome, é a visualização dessas tags na tela. O resultado revela a facilidade que os mecanismos de aprendizado por máquina do Facebook tem para compreender contexto a partir de fotografias:

facebook-tags

Para o desenvolvedor, entretanto, esses algoritmos são preocupantes: “Facebook (e Google, Apple, Amazon, etc) podem facilmente afirmar a partir de suas fotos se você tem um cachorro, se você coleciona câmeras, se você joga golfe, se você tem crianças ou se você realmente curte óculos de sol. Não há nada que os impeça de utilizar essa informação para mostrar a você anúncios relevantes apenas se baseando em fotos de você – mesmo se outros usuários enviaram a foto e sequer marcaram você diretamente!”.

Geitgey alerta que esse tipo de tecnologia está sendo utilizada em larga escala agora “por cada uma das maiores empresas de internet”. A partir desse reconhecimento de imagens, é possível identificar de forma automatizada objetos, lugares, datas, acontecimentos e até mesmo atividades praticadas por seus usuários sem que seja necessário escrever qualquer legenda ou postagem.

Por enquanto, o plugin está disponível somente para a versão em inglês do Facebook, mas há outros desenvolvedores trabalhando em alternativas focadas para as línguas espanhola e alemã. Com o código aberto disponível no GitHub, o trabalho de Geitgey pode ser aplicado para qualquer idioma ou ser integrado em outros sistemas e aplicativos.

Queremos saber sua opinião