Parte do código-fonte do Windows 10 vaza na internet

Informes indicam que uma porção considerável do código-fonte do Windows 10 pode ter vazado na internet e disponibilizado para download no site BetaArchive.

Os arquivos parecem fazer parte do chamado Shared Source Kit, compartilhado pela Microsoft com parceiros qualificados, como governos, montadores de sistemas, fabricantes de hardware e caçadores de bugs.

O código-fonte publicado conteria a base para os drivers de hardware do sistema operacional, assim como funções relacionadas a conectividade Wi-Fi, USB e plug-and-play, além de elementos específicos para dispositivos ARM. Segundo aqueles que tiveram acesso ao material e o avaliaram, o vazamento data de Março deste ano e seria legítimo, ainda que possa apresentar pouco impacto na segurança do Windows 10.

O site BetaArchive já removeu o conteúdo do ar, mas não há qualquer forma de controle sobre quem baixou o material e, certamente, ele deverá reaparecer nos porões da internet. Uma investigação está sendo conduzida para avaliar a origem da publicação inicial. A própria Microsoft confirmou que se trata de imagens do Windows 10 desenvolvidas para uso interno ou para parceiros certificados.

Especialistas que analisaram os arquivos vazados apontam que boa parte do suposto “vazamento maciço” é composto na verdade de builds anteriores, de distribuição pública, e que apenas uma fração do conteúdo é formada por material inédito. Eles indicam também que não há motivo para alarme sobre o que foi disponibilizado e que a maior preocupação agora seria identificar de fato a fonte da quebra de sigilo.

Queremos saber sua opinião