OurMine sequestra contas de Twitter e Facebook do PlayStation

O coletivo hacker OurMine voltou de sua aposentadoria provisória com a corda toda: depois de sequestrarem diversas contas de Twitter da HBO na semana passada, nesse Domingo foi a vez da Sony ser o novo alvo.

O grupo invadiu as contas de Twitter e Facebook do PlayStation para divulgar sua mensagem padrão e oferecer seus supostos serviços de segurança.

A ação da Sony foi rápida em remover os tuítes, mas o OurMine foi um pouco mais longe dessa vez. Além de invadirem e tomarem o controle de contas de rede social relacionadas ao PlayStation, o grupo alega ter tido acesso ao banco de dados de usuários da PlayStation Network. As ações do OurMine até agora se caracterizaram por ataques considerados de baixo escalão na comunidade de segurança, obtendo senhas de redes sociais possivelmente através de tentativa e erro com tabelas vazadas de outros grupos e nunca por explorar uma vulnerabilidade legítima nos serviços.

ourmine-sony

Em outra mensagem, já apagada pela Sony, o grupo jura que não vai divulgar o que descobriu nos bancos de dados da PSN, por ser um “grupo de segurança” e pede para a pessoal que trabalha no PlayStation entrar em contato com o coletivo hacker.

O consenso é que as chances do OurMine ter realmente conseguido o que alega são extremamente baixas. Mas, se você for usuário da PSN, não custa nada trocar sua senha. Até o momento, a Sony não se manifestou publicamente sobre o incidente.

O coletivo hacker, cujos integrantes ainda não foram identificados ganhou notoriedade em 2016 através de uma série de ataques a contas de redes sociais de Mark Zuckerberg, Sundar Pichai e outros executivos de alto calibre do Vale do Silício.. Em Dezembro do ano passado, o OurMine também atacou os perfis de Twitter do Netflix, da NFL e até várias relacionadas à Marvel. Logo depois do Natal, o mesmo grupo anunciou a morte da cantora Britney Spears e, logo em seguida, o grupo permaneceu em silêncio por mais de seis meses.

Queremos saber sua opinião