Organizadores da Pokémon Go Fest são processados nos EUA

O pesadelo do fiasco da Pokémon Go Fest segue assombrando a desenvolvedora Niantic Labs e agora a empresa é alvo de um processo coletivo na Justiça norte-americana.

Cerca de três dezenas de fãs do jogo Pokémon Go abriram um processo em conjunto por se sentirem lesados pelas péssimas condições de realização do evento e exigem indenização.

Realizado em um parque em Chicago no dia 22 de Julho, a Pokémon Go Fest atraiu algo entre 15 a 20 mil participantes ao local, a rede de telefonia não suportou e o resultado foi total falta de conectividade. Filas gigantescas e desorganização completaram um cenário de caos que culminou em revolta do público presente. A Niantic Labs promoveu o reembolso do ingresso pago pelos jogadores e ofereceu um bônus em moedas do jogo como pedido de desculpas pelas falhas do evento.

Mas muitos participantes vieram de outros estados e até mesmo de outros países, incluindo o Japão, e agora um grupo busca ressarcimento também por suas despesas de viagem. O processo foi iniciado por um advogado local a pedido de Jonathan Norton, da Califórnia, que cruzou mais da metade do país para participar do que deveria ter sido a grande festa de aniversário de um ano do lançamento do jogo. Logo depois, outros fãs que também se sentiram prejudicados se juntaram à causa.

Em um curto comunicado à imprensa, a Niantic Labs afirmou que não comenta questões legais. Entretanto, em virtude do fracasso da Pokémon Go Fest norte-americana, eventos similares foram cancelados na Europa e não há qualquer previsão sobre quando (ou se) a empresa voltará a realizar encontros deste porte entre os jogadores.

Queremos saber sua opinião