Oracle revela quanto dinheiro o Google faturou com o Android

A Oracle revelou na Justiça uma informação que o Google mantinha em segredo por anos: quando dinheiro o sistema operacional móvel Android rende para seus cofres.

Os dados que eram considerados como sigilosos foram publicados por um dos advogados da Oracle durante uma batalha judicial travada entre as duas empresas.

Graças à indiscrição, agora é público que o Android rendeu em sua existência 31 bilhões de dólares de faturamento ao Google, dos quais 22 bilhões são classificados como lucro. O Google tentou exigir do juiz que os valores fossem censurados das atas do processo, alegando que eles faziam parte de uma documentação reservada “somente para advogados”, mas o apelo não surtiu efeito.

Os advogados do Google argumentaram que a empresa não divulga investimentos ou faturamentos do Android separados do montante global das operações do Google e que “a revelação pública poderia ter efeitos negativos nos negócios do Google”.

De fato, os valores vazados causaram surpresa no mercado. Se interpretados corretamente, indicam que o Google arrecadou menos em toda a história do Android do que a rival Apple no último trimestre de 2015, cujas vendas isoladas do iPhone já ultrapassaram a marca dos 30 bilhões de dólares de faturamento.

O processo aberto pela Oracle em 2010 acusa o Google de ter usado uma versão modificada da plataforma para o desenvolvimento do Android sem ressarcir à Oracle devidamente. Em 2012, um juiz bateu o martelo em favor da Oracle, mas o caso ainda se arrasta nos tribunais. O Google não tem mais como apelar da decisão e resta agora resolver o valor da indenização que deve ser paga à reclamante.

Queremos saber sua opinião