Onde e quando a Samsung vai revender o Galaxy Note 7 recondicionado?

Depois de anunciar que recolocaria o Galaxy Note 7 de volta ao mercado recondicionado, a Samsung deixou os consumidores na dúvida: onde ele seria redistribuído e quando?

Segundo fontes consultadas pela imprensa sul-coreana, o smartphone que já deu muita dor de cabeça no ano passado retorna às prateleiras em Junho e somente na Coreia do Sul.

Apesar da Samsung ter indicado que aposentaria o nome original do aparelho devido ao desgaste da marca após os incidentes de incêndio e explosão acontecidos, tudo indica que o smartphone voltará a ser revendido como Galaxy Note 7 R, acrescentando somente a letra “R”, de refurbished (“recondicionado”, em inglês). Os novos dispositivos chegarão às lojas custando 700.000 wons, a moeda local. Convertendo no câmbio atual, quem tiver interesse na versão recondicionada terá que pagar cerca de R$1.950.

Embora o valor ainda possa ser considerado alto, principalmente para um aparelho com um histórico de problemas, a Samsung está abatendo cerca de 300.000 wons do valor original, quase R$900. De acordo com as fontes, a empresa vai recolocar 300.000 unidades de volta ao mercado na Coreia do Sul, uma pequena fração dos 3-4 milhões de dispositivos fabricados e recolhidos após os acidentes.

A Samsung não se pronunciou oficialmente sobre os rumores. O que se sabe de concreto até agora é que o Galaxy Note 7 recondicionado não será comercializado nem nos Estados Unidos, nem no mercado brasileiro.

Queremos saber sua opinião