O Globo e Extra montam equipes de jornalistas para verificar notícias falsas

A preocupação com a epidemia de notícias falsas na web chegou aos grandes veículos jornalísticos e tanto O Globo quanto o Extra montaram equipes de jornalistas para verificar boatos e rumores.

As iniciativas “É Isso Mesmo?” e “#Éverdade ou #Éboato” passam a monitorar informações divulgadas em redes sociais e apuram os fatos em busca da verdade, divulgando informações comprovadas.

O Extra foi pioneiro nesse segmento, agindo desde 2010, quando desmentiu diversos rumores relacionados à ocupação militar do Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, para combater o tráfico de drogas na região. A partir do ano passado, o “#Éverdade ou #Éboato” passou a aparecer com mais frequência nas pautas do jornal e a partir deste mês ganha uma equipe fixa de jornalistas para aplicar o que o diretor de Redação Octávio Guedes denominou de “vacina contra as mentiras virais”.

Para Guedes, a propagação do que a imprensa internacional chama de de fake news está mais forte do que jamais foi: “a diferença de 2010 para hoje é que as crises provocadas por falsas notícias deixaram de ser pontuais para virarem permanentes”.

O Extra ganhou o reforço do jornal O Globo, também do grupo Infoglobo, que inaugurou no início da semana o blog “É Isso Mesmo?“, com uma proposta similar: combater a epidemia de notícias falsas, assim como tirar dúvidas de leitores sobre assuntos polêmicos e confirmar declarações realizadas por autoridades. A equipe formada por sete jornalistas é coordenada pelo jornalista Fábio Vasconcellos e tem o aval do diretor de Redação Ascânio Seleme: “queremos ajudar o consumidor a tomar decisões corretas, informando o que é falso ou verdadeiro”.

Queremos saber sua opinião