Novos rumores apontam que ninguém quer mais comprar o Twitter…

Os rumores correm rápido, mas não são nada bons para o Twitter: depois de tudo apontar para uma venda da rede social até o final de Outubro, aparentemente os planos foram por água abaixo.

Fontes próximas ao processo de venda indicam que, na verdade, nenhuma das empresas que antes estavam interessadas em comprar o Twitter vai mesmo efetivar a aquisição.

Google, Apple (que anteriormente nem figurava na lista de potenciais compradores) e Disney teriam desistido do projeto diante do valor necessário para comprar a rede social. Apenas Microsoft e Salesforce continuariam no páreo, mas a primeira permanece em silêncio, nem negando e nem confirmando a especulação, enquanto a segunda, que parecia uma das mais animadas com a possibilidade, vem demonstrando que também está fora da disputa.

Anteriormente, Marc Benioff, CEO da empresa de CRM Salesforce, havia afirmado categoricamente que tinha interesse no Twitter, embora não tenha emitido um comunicado oficial. A rede social entraria na estratégia da empresa de penetrar no mercado de mídia social. A Salesforce tentou comprar o Linkedin, mas foi derrotada na negociação pela Microsoft, que adquiriu o serviço.  Mas o mesmo Benioff indicou em uma reunião de executivos nessa quarta-feira que a Salesforce pode acabar não adquirindo o Twitter.

Com essa reviravolta no processo de venda, os investidores ficaram abalados. O comentário nos bastidores é que o Twitter não vale o que está sendo cobrado dos potenciais compradores. Entre idas e vindas de rumores e especulações, as ações da rede social despencaram 20% entre quarta e quinta-feira. Coincidência ou não, é o mesmo índice de ascensão que as ações tiveram no início da onda de rumores, duas semanas atrás.

Queremos saber sua opinião