Nossa Opinião Sobre Limitação da Internet no Brasil // #InternetJusta

Uma semana após anunciar que limitaria o uso de internet banda larga fixa utilizando franquias, a empresa Vivo se pronunciou através de um post no Facebook onde afirma que oferecerá franquias ilimitadas, mesmo não dando informações de preços e de como isso será feito.

Se especula que a queda nas receitas nos serviços de voz e também na de TV por assinatura estaria por trás desse planejamento de utilizar franquia na internet fixa, uma vez que a utilização de Wi-Fi e de serviços como WhatsApp e Netflix são apontados como vilões, na visão dessas empresas.

Segue abaixo a reprodução da postagem da empresa:

Em respeito aos nossos clientes e aos diversos comentários em redes sociais, esclarecemos os seguintes pontos:
Se você possui Vivo Fibra ou banda larga GVT contratados até 01/04/2016, o uso ilimitado de internet está garantido.

Os planos contratados após esta data preveem franquia de internet e têm, em caráter promocional, uso ilimitado. Não há previsão de alterações, mas asseguramos que quando e, se ocorrerem, serão avisadas antecipadamente, precedidas de ampla comunicação e de ferramentas para que você compreenda e acompanhe o seu consumo de internet.

Você terá sempre à disposição opções adequadas ao seu perfil de uso, baseadas em estudos de comportamento de consumo e suas expectativas. A Vivo oferecerá desde planos mais acessíveis até planos ilimitados.

Prezamos pela transparência e nos dedicamos a oferecer as melhores soluções aos nossos clientes. Para esclarecer dúvidas adicionais, criamos uma página em nosso site, que pode ser acessada no link: http://vivo.tl/franquia.

O comunicado da Vivo vem horas depois de um grupo de Youtubers brasileiros terem se unido em torno da campanha #InternetJusta onde eles explicam e dão demonstrações práticas do que pode acontecer se esse limite for imposto pela empresa.

A operadora TIM aproveitou o movimento criado na internet para avisar que não está no grupo de empresas que tem a intenção de cobrar o acesso de internet por franquia e deixa claro em sua página que a internet é “Sem limite de uso, franquia de consumo, fidelidade, multa ou pegadinha.”

tim-sem-franquia

Nós aqui do Código Fonte que trabalhamos profissionalmente com internet desde 1998 também entramos nesta campanha e explicamos nosso posicionamento no vídeo abaixo.

Queremos deixar bem claro que o sistema de franquia pode até não ser ilegal ou proibitivo, nossa opinião é que se tivermos que nos submeter a esse tipo de sistema, então que a quantidade de franquia disponibilizada seja MUITO maior que o que está sendo proposto, nada de mixaria e com valores acessíveis e justos, EXATAMENTE como fazem as empresas no exterior. A melhoria do serviço, do atendimento e o fim das pegadinhas também seria ótimo ;).

Internet Justa para todos!!!
\o/                                      \o/

Queremos saber sua opinião