Microsoft sediou encontro entre CEOs de empresas do Fórum de Empresas e Direitos LGBT

A Microsoft recebeu na quinta-feira passada (23) o primeiro encontro entre presidentes de empresas signatárias do Fórum de Empresas e Direitos LGBT.

O objetivo era discutir políticas e ações para aumentar inclusão e diversidade deste público nas corporações e 15 CEOs de grandes empresas nacionais e globais compareceram ao evento.

“Queremos criar na Microsoft, cada vez mais, um ambiente diverso, onde todos seus funcionários tenham liberdade para ser quem queiram, e acreditamos que isso começa na contratação de novos colaboradores. Precisamos desta variedade para ter a empresa criativa e inovadora que almejamos”, declarou Paula Bellizia, CEO da Microsoft Brasil, na abertura do evento. A executiva e Alessandra Del Debbio, diretora jurídica da Microsoft, apresentaram as principais ações da empresa para promover inclusão e diversidade e os desafios encontrados.

O Fórum completa 4 anos de existência e possui hoje 37 empresas signatárias da Carta de Adesão à organização e aos 10 compromissos da Empresa com os direitos LGBT. A ideia do Fórum é reunir grandes corporações em torno do compromisso com a promoção dos direitos humanos da população LGBT e discutir desafios e planos que as empresas possuem ao implementar programas de inclusão.

Paula Bellizia e outros 14 CEOs se reuniram para discutir a diversidade nas empresas

Paula Bellizia e outros 14 CEOs se reuniram para discutir a diversidade nas empresas

Os presidentes das empresas que compareceram ao encontro foram Cristina Palmaka CEO da SAP, Fábio Maceira, da JLL, Gilberto Peralta da GE, Hercules Celescuekci, do escritório de advocacia Trench Rossi Watanabe, Mário Câmara, da Atento, Mark Copman, da 3M, Paula Bellizia, presidente da Microsoft Brasil, Priscila Vansetti, da DuPont, Ralph Schweens, da BASF, Rick Torken, do ABN Amro, Rodrigo Santos, CEO da Monsanto, Tânia Cosentino, da Schneider Eletric, Theo van der Loo, da Bayer, Marcelo Arantes de Carvalho, VP da Braskem e Fiamma Zarife, do Twitter. A conversa foi mediada por Reinaldo Bulgarelli, Secretário Executivo do Fórum e por Franklin Feder, do Conselho Consultivo do Fórum.

Durante a conversa entre os CEOs, foram discutidas algumas ações e iniciativas das empresas participantes e levantadas questões, dúvidas e ideias para a promoção da diversidade, ficando acertada a troca de informações sobre as boas práticas já aplicadas que podem melhorar as políticas de inclusão dentro das organizações.

“Os 15 representantes das empresas signatárias do Fórum presentes no evento concordaram sobre o desafio de enfrentar preconceitos e erradicar práticas de discriminação, promovendo respeito e inclusão na relação da empresa com todos os seus públicos. No âmbito dos colaboradores, é essencial, concordaram, que as pessoas possam se sentir à vontade em serem quem são dentro do seu ambiente de trabalho”, declarou Reinaldo Bulgarelli, Secretário Executivo do Fórum.

A discussão não se restringiu à inclusão do público LGBT e tratou de valorização e gestão da diversidade nas empresas, tratando de outros fóruns empresariais como a Rede Empresarial de Inclusão Social, Movimento Mulher 360º e a Iniciativa Empresarial pela Igualdade Racial, sendo a questão do negro o maior destaque para os presentes. Ao final, as empresas concordaram em agendar uma reunião por semestre para acompanhar o andamento das resoluções.

Queremos saber sua opinião