Microsoft revela o destino do Paint

A notícia de que a Microsoft poderia remover o Paint em futuras atualizações do Windows mexeu com a internet ontem e causou apreensão entre os fãs do programa com mais de três décadas de serviços prestados.

Hoje, a própria Microsoft teve que vir a público para tranquilizar os revoltados e esclarecer o destino do Paint: ele não será aposentado e continuará disponível para quem quiser seguir usando.

“Se há algo que nós aprendemos é que, após 32 anos, MS Paint tem um bocado de fãs”, escreveu a empresa em seu comunicado oficial. E continua: “tem sido fantástico ver tanto amor por nosso velho e confiável aplicativo. Em meio aos comentários ao redor do MS Paint, nós queremos aproveitar essa oportunidade para deixar claro, acabar com certa confusão e compartilhar boas novas: o MS Paint veio pra ficar, ele apenas terá uma nova casa em breve, na Windows Store, onde estará disponível de graça”.

ms-paint

A Microsoft não estabeleceu uma data para migrar o Paint para a Windows Store, nem os motivos para essa estratégia. Analisando as entrelinhas do comunicado, na verdade, é perceptível que, se o Paint estará disponível para download é porque certamente não estará mais presente por padrão no Windows 10 no futuro próximo.

A empresa também aproveitou o momento para promover o Paint 3D e lembrar que o programa seguirá recebendo mais funcionalidades e que ele não é exclusivo para produção de conteúdo 3D, mas conta também com funcionalidades que faziam parte do Paint tradicional, como edição de fotos, ferramentas de linhas e curvas e criação de conteúdo 2D.

Queremos saber sua opinião