Microsoft compra o LinkedIn

A Microsoft sacudiu a manhã dessa segunda-feira com o anúncio surpreendente da compra do LinkedIn.

O site de relacionamentos profissionais foi adquirido por 26,2 bilhões de dólares, mas irá manter sua marca, cultura e independência, de acordo com o comunicado oficial.

“O time do LinkedIn cresceu um negócio fantástico centrado em conectar os profissionais do mundo. Juntos nós podemos acelerar o crescimento do LinkedIn, assim como do Microsoft Office 365 e Dynamics na medida em que nós buscamos empoderar cada pessoa e organização no planeta”, afirmou Satya Nadella, CEO da Microsoft. Confira o vídeo do anúncio da compra:

Nos termos da compra, a Microsoft pagou em dinheiro o equivalente a US$196 por cada ação da empresa. Jeff Weiner permanecerá no cargo de CEO do LinkedIn e passará a se reportar diretamente a Nadella. “Assim como nós mudamos a forma como o mundo se conecta com oportunidades, esse relacionamento com a Microsoft e a combinação da sua nuvem com a rede do LinkedIn agora nos darão a chance de também mudar a forma como o mundo trabalha”, declarou Weiner.

Para Reid Hoffman, diretor do conselho e um dos fundadores do LinkedIn, hoje é um “momento de re-fundação” da rede social. O executivo está confiante com a compra: “eu vejo incríveis oportunidades para nossos membros e consumidores e estou ansioso para apoiar esse novo e combinado negócio”.

Queremos saber sua opinião