Mais da metade dos usuários de computador já piratearam

Pirataria não pára
Uma pesquisa encomendada pela Business Software Alliance (BSA) revelou que 57% dos usuários de computador admitiu já ter usado programas piratas. Usuários de países emergentes como Brasil, China, Rússia e Índia estão no topo dos que mais praticam pirataria.

A pesquisa foi realizada através de entrevistas com 15 mil pessoas de 33 países sobre as formas em que adquirem seus programas de computador. Mais da metade deles confirmou que já usou cópias piratas, baixadas através de redes de compartilhamento de arquivos ou já instalou um software em mais máquinas do que a licença permitia.

A BSA aponta que o valor perdido estimado dos programas usados ilegalmente subiu de 59 bilhões de dólares em 2010 para 63 bilhões em 2011.
O campeão da pirataria é a China, com 77% de programas adquiridos de forma ilícita. Nos Estados Unidos, por outro lado, o índice de pirataria declarada é de somente 19%.

Segundo, Robert W. Holleyman II, presidente e CEO da BSA, o problema é a falta de fiscalização adequada. “ Não há efetivamente nenhum xerife na cidade estabelecendo que existe um risco para as organizações que usam estes programas de serem pegas e punidas”.

.