Karspersky afirma que segurança do Macintosh é falha

Alerta vermelho no mundo da maçã!
Eugene Kaspersky, CEO da empresa de segurança Kaspersky Lab declarou publicamente durante um evento de segurança que a Apple precisa melhorar muito a segurança da plataforma Mac. Segundo o executivo, a empresa está “dez anos atrás da Microsoft” em termos de segurança.

Kaspersky aconselhou a Apple a aprender com os erros e acertos de sua rival nos últimos anos e agilizar o ciclo de correções de falhas. “Isso foi o que a Microsoft fez no passado após tantos incidentes como o Blaster e outros worms mais complicados que infectaram milhões de computadores em pouco tempo. Eles tiveram um bocado de trabalho para checar o código e encontrar erros e vulnerabilidades. Agora é a vez da Apple”, declarou.

Usuários de Mac suaram frio no começo deste ano com a epidemia do Cavalo de Tróia Flashback. No auge da infecção, o malware chegou a afetar 600 mil máquinas em todo o mundo. Especialistas acreditam que o alcance agora tenha sido reduzido para pouco mais de 100 mil sistemas Mac.

A Apple lançou uma correção para a vulnerabilidade atingida pelo Flashback, mas muito tempo depois que as empresas de segurança deram o alerta. A Kaspersky chegou a lançar uma ferramenta que evitava o problema antes da própria Apple.

De acordo com Eugene Kaspersky, o Macintosh se tornou uma plataforma atraente para criadores de programas maliciosos e o Flashback foi apenas o começo. “Bem-vindo ao mundo da Microsoft, Mac. Está cheio de malware“.

.