Investimentos em TI devem crescer no Brasil

Existe luz no fim do túnel: investimentos em TI devem crescer no Brasil ainda esse ano de acordo com a ABES, Associação Brasileira das Empresas de Software.

O levantamento Mercado Brasileiro de Software e Serviços realizado pela associação em parceria com o IDC prevê recuperação de até 6.7% do crescimento no setor no país, o dobro da média global prevista para 2017.

Se as previsões se concretizarem, o ano pode marcar um retorno a uma confortável posição antes da recessão. Entre 2005 e  2015, o Brasil ocupava o sétimo lugar entre os maiores mercados de TI no mundo. Em 2016, no ápice da crise econômica e da instabilidade política, o mundo apresentou um crescimento de 2% no volume de investimentos, enquanto no Brasil o setor passou por um recuo forte de 3.6% no total. O resultado é que o Brasil entrou em 2017 caindo para a nona posição no panorama global, pela primeira vez em dez anos.

De acordo com Jorge Sukarie, presidente do Conselho da ABES, “a recessão teve impacto direto nos resultados e a alta do dólar puxou a conversão dos números do setor para baixo. Mesmo tendo o Brasil apresentado queda nos investimentos, ainda ocupa um lugar importante, estando no mesmo grupo de países como Alemanha, Estados Unidos e França, o que mostra a relevância do mercado interno de TI”.

Queremos saber sua opinião