Índia descobre furto maciço: dados de mais de 3 milhões de cartões de débito foram interceptados

Autoridades indianas descobriram na semana passada um ataque de proporções inimagináveis: dados de 3,2 milhões de cartões de débito foram interceptados no país.

Um grupo de cibercriminosos ainda não identificado conseguiu instalar um malware que se propagou por caixas eletrônicos de diversos bancos, terminais de pontos de venda e outros sistemas financeiros.

Segundo relatos de inúmeros usuários, os dados já estão sendo utilizados em operações fraudulentas na China. O alvo dos criminosos foi a plataforma Hitachi Payment Services, utilizada pelos bancos locais State Bank of India (SBI), ICICI, Yes, Axis e HDFC. As redes Visa e Mastercard também foram comprometidas no país em consequência do ataque, que se estendeu em segredo por cerca de seis semanas sem ser detectado.

No momento, as autoridades investigam o golpe histórico no sistema financeiro do país. A posição oficial do banco estatal SBI é de emitir novamente os cartões de débito suspeitos de terem sido afetados e estornar os clientes que tenham sido vítimas de movimentações não-autorizadas em suas contas. A recomendação para os indianos é que troquem suas senhas imediatamente, enquanto o caso ainda está sendo avaliado.

Queremos saber sua opinião