IBM, Adobe e Sun se unem a investigação contra Microsoft

Gigantes se voltam contra a M icrosoft
Alguns dos principais rivais da Microsoft vão se unir à investigação antitruste ligada ao navegador Internet Explorer movida pela União Europeia.

O Comitê Europeu para Sistemas de Interoperabilidade (ECIS, na sigla em inglês), cujos membros incluem Adobe, Corel, IBM, Oracle, RealNetworks e Sun, anunciaram na quarta-feira (15/04) que a Comissão Europeia concedeu ao grupo o status de “parte interessada” no processo.

O mesmo título foi dado à Mozilla e ao Google, quando as companhias obtiveram privilégios de acesso aos documentos da investigação.

“Este é um caso importante para garantir que menores desenvolvedores de browsers tenham uma chance de competir no mercado”, disse ,” Thomas Vinje, um porta-voz da ECIS.

Em janeiro, a Comissão submeteu uma lista de objeções, na qual a Microsoft era acusada de competição desleal por incluir o Internet Explorer no Windows. O processo existe desde 2007 e foi iniciado pela Opera Software. A Microsoft tem até a próxima terça-feira (21/04) para responder às alegações da Comissão.

No mês passado, a companhia confirmou que o IE8 poderá ser desinstalado no Windows 7, seu novo sistema operacional. A empresa não deixou claro, porém, se esse recurso foi adicionado devido à investigação da Comissão.

Com informações de IDGNow!.