Homem assassina um estranho na rua e transmite pelo Facebook Live

Uma tragédia sem sentido foi transmitida através do Facebook Live nos Estados Unidos nesse Domingo: o assassinato de um idoso de 74 anos.

Robert Godwin estava retornando para casa após ter celebrado a Páscoa com seus filhos quando cruzou o caminho de Steve Stephens e foi morto a tiros nas ruas de Cleveland, no estado de Ohio.

O assassino de 37 anos transmitiu o crime através de sua conta no Facebook, usando um celular. De acordo com a polícia local, a execução foi exibida em tempo real, mas o Facebook, que já removeu o vídeo da rede social, sustenta que a morte de Godwin foi uma cena gravada anteriormente e transmitida depois.

Na parte que seria ao vivo, Stephens roda de carro pela cidade e explica que brigou com a namorada e irá tirar a vida de uma pessoa ao acaso como forma de vingança. Após abordar o idoso, o assassino o obriga a dizer o nome da namorada em voz alta antes de atirar para matar.

“Esse é um crime horrível e nós não permitimos esse tipo de conteúdo no Facebook”, declarou a empresa em um comunicado oficial. “Nós trabalhamos duro para manter um ambiente seguro no Facebook e estamos em contato com os representantes da lei em emergências onde existam ameaças diretas para a segurança física”.

steve-stephens

Foto do assassino divulgada pela polícia de Cleveland.

Steve Stephens encontra-se foragido e procurado pela polícia de Cleveland e de cinco estados norte-americanos. Em vídeo, ele alega ter executado outras doze pessoas além de Robert Godwin e que irá matar “tantas pessoas quanto puder”. Até o momento, as autoridades não confirmam a existência de outras vítimas do assassino.

Por respeito à Robert Godwin e para evitar o incentivo a esse tipo de exibicionismo, decidimos não publicar nem um link para o vídeo que ainda circula na internet ou mesmo imagens do assassinato. São cenas fortes e trágicas e não recomendamos sua visualização.

 

Queremos saber sua opinião