Governo russo bane o uso de VPNs no país

O presidente da Rússia Vladimir Putin assinou nesse Domingo uma lei que vai banir o uso de VPNs no país.

O decreto presidencial já foi aprovado pelo parlamento russo e deverá entrar em vigor a partir de primeiro de Novembro, tornando ilegal a utilização da tecnologia para quaisquer fins.

O objetivo é impedir a navegação por sites e serviços proibidos pelo governo russo, assim como o anonimato na internet. Segundo a agência de notícias local RIA, Leonid Levin, diretor do comitê de política de informação do parlamento explicou que a proibição não deverá ser vista como uma restrição aos cidadãos respeitadores das leis, e sim como uma forma de bloquear acesso a “conteúdo ilegal”.

A velocidade em que a barreira foi levantada aponta para um endurecimento do controle estatal sobre a internet no território russo e coincide com um movimento similar acontecendo na China. Na semana passada, por pressão do governo chinês, a Apple se viu forçada a remover todos os aplicativos de VPN da versão local da Apple Store. Tanto a China quanto a Rússia, em maior ou menor grau, são conhecidas por exercerem monitoramento do conteúdo que circula pela rede e é consumido por seus cidadãos e a tecnologia das VPNs atuava como um alternativa para a censura.

Queremos saber sua opinião