Google responde à provocação da Microsoft

A Microsoft provocou. O Opera também. E só agora, depois de um longo tempo, o Google finalmente reagiu às acusações de que o navegador Chrome acaba com a carga da bateria dos laptops e dispositivos móveis.

O Google respondeu com um vídeo onde mostra que a versão 53 do seu navegador apresenta uma performance muito boa no consumo de bateria, com resultados superiores aos da concorrência.

Ao contrário da Microsoft, o Google preferiu não partir para a comparação direta entre seu navegador e os outros. Na verdade, o Google comparou o seu próprio Chrome 53 com o Chrome 46 do ano passado. Mas a forma como o vídeo foi produzido é uma réplica quase idêntica ao teste realizado pela Microsoft e o resultado indiretamente aponta para um navegador superior ao Edge em termos de consumo de energia. Confira o vídeo:

Assim como no vídeo produzido pela Microsoft, o Google colocou dois Surface Book lado a lado exibindo o mesmo vídeo até esgotar toda a bateria do dispositivo. Enquanto o Chrome 46 manteve a bateria funcionando por 8 horas e 27 minutos, o novo Chrome 53 consumiu menos energia e permitiu o funcionamento do teste por 10 horas e 39 minutos. Supondo que os testes das duas empresas tenham sido feitas em condições idênticas, o navegador Google também superou o Edge, que teria durado somente 7 horas e 22 minutos.

Vale notar que no teste realizado pelo Google, até mesmo a versão mais antiga do navegador vence o Edge. Por outro lado, estranhamente, no teste realizado pela Microsoft o Chrome durou muito menos, esgotando a bateria após 4 horas e 19 minutos… De acordo com o Google, a versão 53 do Chrome foi configurada especificamente para uma melhor performance e menor consumo de energia em sites populares, como Facebook, YouTube e Vimeo.

Queremos saber sua opinião